7 de julho de 2016
por Esmael Morais
10 Comentários

Ao vivo: UGT realiza 2º Seminário Jurídico Nacional em Curitiba

patha_ives_rossiA União Geral dos Trabalhadores (UGT) realiza nesta quinta (7), em Curitiba, o polêmico 2º Seminário Jurídico Nacional.

A entidade chamou para a mesa de debates o presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), Ives Gandra Martins Filho, que defende o negociado ao invés do legislado (fim da CLT), e o ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, simpático às terceirizações.

Entretanto, a UGT jura que não é contra a Consolidação das Leis do Trabalho e o PL 4330 (terceirizações) que tramita no Senado. Abaixo, assista ao vivo: Leia mais

23 de abril de 2015
por Esmael Morais
38 Comentários

Veja quais deputados do Paraná votaram a favor da terceirização

da CartaCapital via CUT
A Câmara aprovou na noite desta quarta-feira 22, por 230 votos a favor e 203 contra, emenda aglutinativa alterando alguns pontos do projeto que regulamenta a terceirização, o PL 4.330/04. A emenda manteve no texto-base a possibilidade de terceirizar a atividade-fim, o que permite que empresas possam subcontratar para todos seus setores de atividade.

A emenda foi aprovada com apoio de partidos como, por exemplo, PSDB, PMDB, DEM, PSD e Solidariedade, entre outros, enquanto que PT, PCdoB, PSB, PDT, Pros e Psol ficaram contrários à proposta.

Dos 30 parlamentares paranaenses, 24 estiveram na sessão e votaram.

Veja como votou cada deputado, conforme lista disponível no site da Câmara dos Deputados:

Osmar Bertoldi (DEM) SIM
Aliel Machado (PCdoB) NÃO
Diego Garcia (PHS) NÃO
Hermes Parcianello (PMDB) NÃO
João Arruda (PMDB) NÃO
Osmar Serraglio (PMDB) SIM
Sergio Souza (PMDB) SIM
Dilceu Sperafico (PP) SIM
Marcelo Belinati (PP) NÃO
Nelson Meurer (PP) NÃO
Ricardo Barros (PP) SIM
Rubens Bueno (PPS) SIM
Sandro Alex (PPS) SIM
Giacobo (PR) SIM
Leopoldo Meyer (PSB) SIM
Luciano Ducci (PSB) NÃO
Evandro Rogerio Roman (PSD) SIM
Alfredo Kaefer (PSDB) SIM
Luiz Carlos Hauly (PSDB) SIM
Assis do Couto (PT) NÃO
Enio Verri (PT) NÃO
Alex Canziani (PTB) SIM
Christiane de Souz Leia mais

9 de abril de 2015
por Esmael Morais
52 Comentários

Contra a terceirização #vetatudodilma

vargas_dilma_cunhaO país regrediu ontem perto de 100 anos, à era pré-Vargas de 1930. Graças à Câmara Federal, presidida pelo deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que aprovou o projeto que regulamenta a terceirização da mão de obra — contra o trabalhador e a favor dos patrões.

De acordo com o painel eletrônico, 324 deputados votaram favoravelmente ao projeto, 137 parlamentares foram contrários e apenas 2 se abstiveram (veja abaixo como votou seu deputado federal). Na sequência, o texto do PL 4330/04 seguirá para o Senado e, se confirmado pelo senadores, para a presidenta Dilma Rousseff (PT) sancionar ou vetar a proposta.

A terceirização do trabalho é um retrocesso no marco civilizatório brasileiro. Trata-se de um ataque contra os trabalhadores perpetrado pela Câmara, que impõe uma pauta conservadora e de direita, cujo programa também pertence ao PSDB de Aécio Neves.

Agora é hora de uma greve geral, puxada por todas as centrais sindicais, para exigir que Dilma vete essa excrescência surgia ontem, em Brasília, na calada da noite. Não basta apenas uma paralisação no próximo dia 15 abril, como prega a CUT.

O ritmo antipovo de Cunha na Câmara não deixa de ser um aprendizado à sociedade, pois se é ruim com o PT, pior sem ele. Portanto, vamos à greve geral, à correlação das ruas, para derrotar esse atraso.

Aliás, o pior ainda está por vir: vem aí a redução da maioridade penal; outra bandeira da direita, que é condenada até pela Igreja Católica do Papa Francisco. Mas isso é tema para novo post, em breve.

Veja como votou o seu deputado: Leia mais

8 de abril de 2015
por Esmael Morais
22 Comentários

Contra os trabalhadores, Câmara aprova projeto da terceirização

plenario_camaraA Câmara dos Deputados não deu bola para os protestos das centrais sindicais e movimentos populares, pois nesta quarta (8) à noite aprovou, por 324 votos a 137, o texto-base do projeto que regulamenta a terceirização (precarização) do trabalho no país. A seguir, leia a informação da Agência Câmara... 

Leia mais

8 de abril de 2015
por Esmael Morais
15 Comentários

Câmara vota projeto que regulamenta a terceirização; assista ao vivo

O Plenário da Câmara dos Deputados rejeitou o requerimento de retirada de pauta do Projeto de Lei 4330/04, que regulamenta a terceirização no Brasil. Em sessão extraordinária ocorrida nesta manhã, o deputado Arthur Oliveira Maia (SD-BA), relator da matéria pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania, apresentou seu substitutivo à matéria.

Os deputados retomam, agora, a fase de discussão do projeto.

O ministro Marco Aurélio, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou hoje (8) a entrada de dirigentes da Central Única dos Trabalhadores (CUT) na Câmara dos Deputados para assistir à votação do Projeto de Lei (PL) 4330/2004, que regulamenta a terceirização de serviços.

Ontem (7), os dirigentes da CUT alegaram, no Supremo, que foram impedidos de circular nas dependências da Câmara dos Deputados, por meio de um ato do presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

No Paraná, o PT divulgou como votou cada deputado federal no requerimento para o regime de urgência na tramitação do PL 4330/04.

Assista ao vivo pela TV Câmara:

Com informações da Agência Brasil e Leia mais

8 de abril de 2015
por Esmael Morais
11 Comentários

Terceirização: Hoje tem ‘a mãe de todas as batalhas’ em Brasília

Deputado Eduardo Cunha, presidente da Câmara, prometeu aos empresários aprovação da lei que fragiliza os trabalhadores brasileiros; ou seja, agora quer entregar a qualquer custo a terceirização (precarização) da mão de obra no país; sem dúvida alguma, o Congresso tende consentir uma volta aos tempos do escravagismo, por isso Brasília poderá viver hoje a 'mãe de todas as batalhas'.

Deputado Eduardo Cunha, presidente da Câmara, prometeu aos empresários aprovação da lei que fragiliza os trabalhadores brasileiros; ou seja, agora quer entregar a qualquer custo a terceirização (precarização) da mão de obra no país; sem dúvida alguma, o Congresso tende consentir uma volta aos tempos do escravagismo, por isso Brasília poderá viver hoje a ‘mãe de todas as batalhas’.

O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), mandou ontem (7) descer o sarrafo nos manifestantes contra a lei da terceirização (precarização) do trabalho. Cerca de 3 mil protestavam sob o comando da Central Única dos Trabalhadores (CUT) e da UNE (União Nacional dos Estudantes). ... 

Leia mais

7 de abril de 2015
por Esmael Morais
12 Comentários

Depois mandar bater nos trabalhadores, Cunha recua e adia votação da terceirização

manifestante_cunhaO presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), adiou a votação do PL 4330/04, que trata da terceirização da mão de obra, para esta quarta-feira (8). O peemedebista “afrouxou a tanga” depois de confronto entre a polícia legislativa e trabalhadores. ... 

Leia mais

Esmael Morais 2009-2018. O Blog do Esmael é liberto das excludentes convenções mercantis Copyright ©. O site não cobra pelos direitos autorais, portanto, pode e deve ser reproduzido no todo ou em parte, além de ser liberado para distribuição desde que preservado seu conteúdo e o nome do autor. | A política como ela é em tempo real.

Topo