6 de abril de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Ao vivo: Pronunciamento de Lula #OcupaSaoBernardo

Ao vivo: Pronunciamento de Lula #OcupaSaoBernardo

Acompanhe ao vivo o pronunciamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, desde o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo (SP). ... 

Leia mais

11 de março de 2016
por admin
6 Comentários

Coluna do Bruno Meirinho: Os dois lados da moeda

Bruno Meirinho*

A realização da condução coercitiva de Lula, a mando do juiz Sérgio Moro, foi muito mais um evento midiático do que um ato judicial, já que desde procedimento provavelmente nada foi obtido para desvendar os fatos.

Seja porque a operação dificilmente conseguiria obter algo de um depoimento de Lula, seja porque depois de tantos vazamentos de informação, se existisse alguma coisa, já não seriam encontradas mais provas.

A existência da lava-jato, por si só, não deve ser encarada como uma operação tucana. Crimes efetivamente foram desvendados no curso desse processo, e envolveram o PT. Notável é o fato de que outros grupos políticos, como o PSDB, sejam menos suscetíveis a investigações ou, pelo menos, à repercussão na mídia dos casos em que estão envolvidos.

E ontem o juiz Sérgio Moro participou de mais um encontro do LIDE, uma articulação empresarial que alega reunir mais da metade do PIB do país. Delirante? Certamente. Mas mais do que isso, esse grupo é liderado por João Dória Jr, cogitado candidato do PSDB à prefeitura de SP, com quem Moro não hesita em fotografar.

Não é ilícito que um juiz participe de eventos dessa natureza. Proibido seria se Moro detivesse filiação partidária. Não é o caso. Mesmo assim, deveria ser recomendado que Moro evitasse frequentar espaços de marcada vinculação político-partidária, pelo menos enquanto estivesse no comando de um processo com tamanha repercussão para a política brasileira.

Nessa quinta, o Ministério Público de São Paulo resolveu pedir a pr Leia mais