31 de outubro de 2017
por esmael
1 Comentário

Requião Filho: A palavra é prevenção

O deputado Requião (PMDB) escreve sobre política de saúde pública, do diagnóstico do câncer de mama, e em especial do Projeto de Lei nº 116/2017, apresentado por ele, denominado Janeiro Branco, que propõe a realização de ações educativas a respeito da saúde mental.

28 de outubro de 2015
por esmael
15 Comentários

70 mil gritam ‘Fora Beto Richa’ em evento da UGT; assista ao vídeo

Ugt_cidaA vice-governadora Cida Borghetti (PROS) na semana que esteve interina no cargo foi a grande estrela, domingo (25), em Curitiba, do evento comemorativo do “Outubro Rosa” promovido pela União Geral dos Trabalhadores (UGT), seção Paraná.

A entidade presidida pelo sindicalista Paulo Rossi aceitou o desafio de transformar a vice-governadora na nova “Evita Perón das Araucárias”, ou seja, a “Mãe dos Pobres”. Para isso, Cida distribuiu até carro zero km na festividade de combate ao câncer.

O diabo é que o evento da UGT causou ciumeira danada no Palácio Iguaçu. Principalmente quando 70 mil pessoas entoaram “Fora Beto Richa”, em plena Boca Maldita, no exato momento em que Cida Borghetti era chamada ao palco.

Para azedar ainda mais o leite, sabe-se que a primeira-dama Fernanda Richa, secretária da Família, promoverá corte de R$ 12 milhões — ou 40% do orçamento — destinado ao combate à pobreza em 150 municípios do estado no ano de 2016. Tudo para fazer caixa para o maridão Beto Richa (PSDB).

Fernanda Richa era a “queridinha” na UGT, mas, pelo jeito, perdeu a vez para Cida Borghetti – a nova “musa dos trabalhadores”.

Para os palacianos, em apenas 4 dias de interinidade no governo do estado, a vice-governadora fez “muito mais” que Beto Richa em quatro anos (quase cinco) de governo.

Assista ao vídeo:

17 de outubro de 2013
por esmael
21 Comentários

Coluna do Maurício Requião: “Outubro Rosa e a violência contra a mulher”

Maurício Requião, em sua coluna semanal, sai do ambiente das disputas partidárias para falar sobre sua especialidade: políticas públicas; colunista aborda a proteção das crianças, fulmina a indústria da pornografia presente nas tevês, na internet, e destaca a importância da campanha Outubro Rosa! na luta contra o câncer de mama; ele também sugere maior atenção à  violência emocional de gênero nas redes sociais e lamenta a "coisificação" da mulher neste mundo machista; leia o texto.

Maurício Requião, em sua coluna semanal, sai do ambiente das disputas partidárias para falar sobre sua especialidade: políticas públicas; colunista aborda a proteção das crianças, fulmina a indústria da pornografia presente nas tevês, na internet, e destaca a importância da campanha Outubro Rosa! na luta contra o câncer de mama; ele também sugere maior atenção à  violência emocional de gênero nas redes sociais e lamenta a “coisificação” da mulher neste mundo machista; leia o texto.

por Maurício Requião*

Hoje, me afasto um pouco da política. Afasto-me em razão do Outubro Rosa. Para mim, até pouco tempo, outubro era o mês das crianças, e, apenas delas. Temos agora um mês para as crianças e para as mulheres. Leia mais