23 de maio de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em URGENTE: Ônibus podem parar em Curitiba por falta de combustível

URGENTE: Ônibus podem parar em Curitiba por falta de combustível

Os efeitos colaterais da justa greve dos caminhoneiros poderão parar Curitiba nas próximas horas. As concessionárias do transporte público informam que não têm muito combustível para operar. Ou seja, os ônibus podem nem sair das garagens devido à falta de diesel. ... 

Leia mais

27 de março de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Ônibus da comitiva de Lula são alvejados por tiros no Paraná

Ônibus da comitiva de Lula são alvejados por tiros no Paraná

Fascistas alvejaram dois ônibus da caravana de Lula no trecho entre Quedas do Iguaçu e Laranjeiras do Sul, região Centro Sul do Paraná. Ao menos três tiros foram disparados, segundo o PT. ... 

Leia mais

7 de fevereiro de 2018
por Esmael Morais
1 Comentário

Motoristas de São Paulo decidem parar dia 19 contra a reforma da previdência

Os condutores de ônibus de São Paulo irão parar no próximo dia 19 de fevereiro o sistema de transporte público da cidade. O protesto será contra a reforma da previdência, que ameaça a aposentadoria de todos os brasileiros. ... 

Leia mais

11 de dezembro de 2017
por Esmael Morais
9 Comentários

Ônibus vão parar contra a reforma da previdência, decide setor de transportes

A decisão de paralisar foi tomada hoje (11) em São Paulo, pela UGT, mas a tendência é que o setor de transportes de todo o país também adira à paralisação contra a reforma da previdência. Leia mais

8 de dezembro de 2017
por Esmael Morais
5 Comentários

Requião Filho: Prefeitura de Curitiba persegue pobres, deficientes e idosos

O deputado Requião Filho (PMDB) publicou um vídeo na internet criticando a gestão do prefeito de Curitiba, Rafael Greca (PMN), que estaria perseguindo pobres, deficientes e idosos ao retirar gratuidade nos ônibus. Leia mais

26 de junho de 2017
por Esmael Morais
13 Comentários

Motoristas e cobradores de Curitiba aderem à Greve Geral de 30 de junho

Os trabalhadores nas empresas de transporte público de Curitiba e região metropolitana anunciaram adesão à Greve Geral, desta sexta-feira 30 de junho, contra as reformas trabalhista e previdenciária. Leia mais

16 de fevereiro de 2017
por Esmael Morais
2 Comentários

Desalmada, “Justiça” confirma tarifa de ônibus mais cara do país em Curitiba

Como previsto, o desembargador Leonel Cunha, do Tribunal de Justiça do Paraná, concedeu liminar nesta quinta (16) autorizando a Prefeitura de Curitiba aumentar a tarifa de ônibus para R$ 4,25. Leia mais

10 de fevereiro de 2017
por Esmael Morais
11 Comentários

Assista: “R$ 4,25 é um assalto!”

Manifestantes ensandecidos marcham pelas ruas centrais de Curitiba, nesta noite, contra o aumento abusivo no preço do ônibus que saltou de R$ 3,70 para R$ 4,25. Leia mais

7 de fevereiro de 2017
por Esmael Morais
4 Comentários

“Foi uma facada nas costas”

O deputado Ney Leprevost (PSD), em discurso na Assembleia Legislativa, disse que o aumento da passagem de ônibus em Curitiba foi uma “facada nas costas” dos curitibanos desferida pelo prefeito Rafael Greca (PMN). Leia mais

7 de fevereiro de 2017
por Esmael Morais
4 Comentários

Tadeu Veneri anuncia ação popular contra aumento abusivo no ônibus de Curitiba; assista

O deputado Tadeu Veneri (PT), líder da oposição na Assembleia Legislativa do Paraná, anunciou nesta terça-feira (7) que ajuizou na 3ª Vara da Fazeda Pública uma ação popular contra o aumento abusivo na tarifa de ônibus de Curitiba. Leia mais

21 de dezembro de 2016
por Esmael Morais
6 Comentários

Calote no 13º deflagra greve de motoristas de ônibus em Curitiba

Motoristas e cobradores da empresa de Curitiba e região metropolitana entraram em greve na manhã desta quarta (21) devido ao calote no 13º salário. Leia mais

23 de novembro de 2016
por Esmael Morais
19 Comentários

Greca deverá ser vítima de calote de Richa já no 1° dia de gestão

richa_calote_ritDiretores da COMEC, órgão do governo do Paraná que gerencia (?) o transporte coletivo na região metropolitana de Curitiba, têm desmentido o chefe, o governador Beto Richa (PSDB), dizendo ser “impossível” reintegrar o transporte coletivo em 1º de janeiro de 2017 como prometeu o tucano. Leia mais

17 de agosto de 2016
por Esmael Morais
12 Comentários

Veja essa: Fotógrafo que ficou cego por tiro em protesto “é culpado”, diz justiça

choque_fotografoO fotógrafo Sérgio Andrade da Silva, que ficou cego devido um disparo de bala de borracha pela PM de Geraldo Alckmin (PSDB), enquanto cobria as manifestações de junho/julho de 2013, foi considerado “culpado” pela Justiça de São Paulo. Leia mais

2 de janeiro de 2016
por Esmael Morais
6 Comentários

Veja essa: Aumento na passagem de ônibus fez a terra tremer em Londrina

onibus_tremor_kireeffO prefeito de Londrina, Alexandre Kireeff (PSD), é apontado como principal suspeito pelo tremor sentido ontem (1º) na zona leste da cidade.

Moradores acreditam que o aumento da tarifa de ônibus, que subiu de R$ 3,25 para R$ 3,60, seja o “real” motivo da sequência de estrondos e tremores.

Durante o mandato de Kireeff, os reajustes na tarifa foram quase três vezes maiores (63,63%) que a inflação no período de (21,84%). Leia mais

21 de novembro de 2015
por admin
6 Comentários

Coluna do Jorge Bernardi: Tragédias de Mariana (MG) e Paraty (RJ), e os ônibus sucateados de Curitiba

Download

Jorge Bernardi*

O que há de comum entre a tragédia de Mariana, MG, que fez mais de 30 vítimas fatais e se constitui no maior desastre ecológico no Brasil de todos os tempos, e os mais de 200 ônibus sucateados, com prazo de validade vencidos, que circulam nas ruas de Curitiba?

A tragédia de Mariana, com o rompimento de duas barragens que acumulavam resíduos altamente tóxicos de minérios demonstram o descaso e a falência dos órgãos de fiscalização e de controle, diante de uma situação previsível. Passada a comoção inicial, vê-se o desrespeito com as normas e a segurança, causando a destruição da biodiversidade do vale do rio Doce.

A empresa Samarco, pertencente a duas das maiores mineradoras do mundo, Vale e BHP, pouco ou nenhum respeito demonstraram com os seres humanos e com a natureza. O lucro para a empresa está acima da vida, do meio ambiente. E o que é pior onde estavam os órgãos de fiscalização que asseguraram a segurança das represas poucos meses antes da tragédia?

O que está acontecendo em Curitiba é que mais de 10 % da frota de ônibus roda com vida útil vencida colocando em risco, diariamente, a vida de milhares de pessoas. Se nada for feito, até o final de 2016, cerca de 500 ônibus sucateados estarão circulando pelas ruas da cidade.

Como a situação chegou a este ponto? Em 2013, o sindicato das empresas de ônibus, Setransp, conseguiu liminar da justiça cancelando a obrigatoriedade de renovação da frota. A infeliz decisão judicial compara-se a autorização para que remédios, com prazo de validade vencidos, continuem sendo vendidos e consumidos pela população. Isto é o que está ocorrendo, e o pior, um juiz anônimo, que ninguém conhece ou ouviu falar, concedeu a liminar que está colocando em risco a vida dos curitibanos.

Em 7 de setembro deste ano, um acidente com 15 mortos e mais de 60 feridos ocorreu em Paraty, RJ, envolvendo um ônibus urbano daquele município que rodava com a vida útil vencida. Prevalece a ganância dos que querem ganhar cada vez mais sem oferecer em contrapartida segurança, conforto e qualidade de serviço aos usuários.

Tanto Mariana quanto Paraty, são exemplos de tragédias anunciadas, que poderiam ser evitadas se o poder público cumprisse com o seu dever. Quanto aos ônibus, com validade vencida de Curitiba, só nos resta invocar a proteção Divina. Das autoridades, nada podemos esperar.

*Jorge Bernardi, vereador de Curitiba (Rede), é advogado e jornalista. Mestre e doutorando em gestão urbana, ele escreve aos sábados no Blog do Esmael.

Leia mais

31 de outubro de 2015
por Esmael Morais
9 Comentários

Fruet sofre cerco da ‘tarifa zero’ na região metropolitana de Curitiba

O pequeno município de Tijucas do Sul, na região metropolitana, a 50 km de Curitiba, decidiu municipalizar o transporte público a partir do próximo dia 4 de dezembro quando vence a concessão de 25 anos.

A Prefeitura vai oferecer ‘tarifa zero’ para os 15 mil potenciais usuários tijucanos-do-sul. Atualmente, o serviço concessionado tem tarifa que custa entre R$ 3,50 e R$ 5.

O secretário municipal de Administração de Tijucas do Sul, Hélio Marcos de Oliveira, ao jornal Gazeta do Povo, explicou com simplicidade a “mágica” que possibilitou a tarifa zero:

“Para manter o preço atual da tarifa, teríamos que subsidiar um pouco. Entre isso e deixar a tarifa gratuita, decidimos investir um pouco mais e adotar a tarifa zero”.

Ou seja, o município eliminou o agenciamento que a máfia do transporte coletivo vinha fazendo o qual come um “subsídio” danado há 25 anos.

Se a tarifa zero no transporte público é possível num pequeno município, como comprovou Tijucas de Sul, também o é nos grandes municípios. No caso de Curitiba, pela quantidade de usuários, o custo da operação tende a ser menor, ou seja, a tarifa gratuita seria ainda mais crível na capital de todos os paranaenses.

O diabo é que a Prefeitura de Curitiba não almeja desvencilhar-se da máfia que domina o setor há décadas. Pelo contrário. As empresas de ônibus são peças-chave no financiamento de campanhas eleitorais.

Portanto, mesmo sob cerco da tarifa zero na região metropolitana, a Curitiba de Gustavo Fruet deverá resistir à gratuidade.

Em várias cidades do Paraná e do Brasil já se adota a ‘tarifa zero’ com grande sucesso de crítica e público.

Está aí um belo tema para os debates nas eleições de 2016.

Leia mais