1 de dezembro de 2015
por admin
19 Comentários

Outdoor contra “privilégios de deficientes” é mais um tiro no pé da “Prefs” de Gustavo Fruet

privilegios_fruetA comunicação do prefeito Gustavo Fruet (PDT), em 24 horas, disparou um tiro de bazuca no pé do próprio prefeito de Curitiba. O que era para ser mais uma daquelas “brincadeiras” sem graça da equipe da rede social denominada “Prefs” tornou-se motivo de nojo, sinônimo de piada de mau gosto, antipropaganda, enfim, coisa para no mínimo demitir o secretário Municipal da Propaganda.

O quiproquó começou ontem (30) com a instalação de outdoors misteriosos na capital paranaense pedindo o “fim dos privilégios para deficientes”. O material foi assinado por um grupo autodenominado “Movimento pela Reforma de Direitos”, com uma página no Facebook.

As fotos dos outdoors fascistas rodaram o país em questão de minutos através da internet. Desencadearam todo tipo de reação. A maioria deles, como era de se esperar, foi de repúdio e de choque. Mas houve quem concordou, e não foi pouca gente.

Imagine daqui a pouco outros serão encorajados a publicar outdoors chamando uma pessoa negra de “macaco” e, diante da repercussão e reprovação, esses virão a público dizer que tudo não passou de “brincadeirinha”. Uma ova! Todo preconceituoso é um filho da puta.

Diante da péssima repercussão, o que danifica a imagem de bom moço de Fruet, foi escalado o Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência para assumir a criação da falsa campanha contra os “privilégios dos deficientes”. Isto apenas ampliou a confusão.