5 de agosto de 2014
por esmael
14 Comentários

Iniciativa Popular exige fim de rodízio da máfia das funerárias em Curitiba

Presidente da Femoclam, Nilso Pereira, abre guerra contra a máfia das funerárias; nesta terça, líder comunitário protocola na Câmara de Curitiba, à s 11 horas, uma Lei de Iniciativa Popular subscrita por 69 mil eleitores alterando o rodízio no serviço funerário em vigor na capital desde 1987; "O usuário precisa ter direito à  livre escolha", defende.

Presidente da Femoclam, Nilso Pereira, abre guerra contra a máfia das funerárias; nesta terça, líder comunitário protocola na Câmara de Curitiba, à s 11 horas, uma Lei de Iniciativa Popular subscrita por 69 mil eleitores alterando o rodízio no serviço funerário em vigor na capital desde 1987; “O usuário precisa ter direito à  livre escolha”, defende.

O presidente da Federação de Associação de Moradores de Curitiba e região Metropolitana (Femoclam), Nilson Pereira, protocola nesta terça-feira (5), à s 11 horas, na Câmara Municipal de Curitiba, um Projeto de Lei de Iniciativa Popular subscrito por 69 mil eleitores que põe fim à  máfia das funerárias. ... 

Leia mais