23 de abril de 2016
por Esmael Morais
5 Comentários

Richa, Ducci e Fruet endividaram a cidade de Curitiba

prefeitos

As dívidas da prefeitura de Curitiba que não param de crescer vistas por quem acompanha e fiscaliza a administração da capital de perto, da Câmara de Vereadores. São mais de 300 cargos comissionados pendurados na secretaria de governo da atual gestão municipal. Leia e ouça essa história em detalhes na coluna de Jorge Bernardi (REDE), abaixo Leia mais

12 de abril de 2016
por Esmael Morais
19 Comentários

Coluna do Marcelo Araújo: Gustavo Fruet; nosso Midas ao avesso

Download áudio

Marcelo Araújo*

Imagine comigo uma pessoa posando na frente de um quadro de medalhas e troféus, defronte a um pano azul, todo sorridente e se vangloriando da realização. Mas você olha com mais atenção e vê que essas honrarias não são do personagem, pois sua única obra foi pendurar o pano azul no fundo!

Dia desses eu não acreditei ao ver aquele que dizem ser o prefeito de Curitiba numa propaganda partidária mostrando as realizações de sua gestão, e não é que me aparece a imagem da trincheira da Rua Chile, com seus inconfundíveis ladrilhos azuis!

Eu estava lá! No dia 24 de março de 2012 o prefeito Luciano Ducci inaugurava a dita trincheira no primeiro período da manhã daquele sábado, e logo em seguida, na mesma manhã, inaugurava a trincheira do Bacacheri/ Bairro Alto, obras de R$ 23 milhões para atender diretamente 200 mil pessoas de sete grandes bairros da cidade, além da estrutura viária como um todo.

Nas redes sociais pipocaram algumas postagens indignadas mostrando fotos da época e desmentindo o que havia acabado de ser mostrado. Estranhamente a tal propaganda sumiu, mas tem gente que viu! O Gustavo é o personagem do primeiro parágrafo. Ele aparece diante das grandes obras herdadas e quando você vê com mais atenção de Leia mais

14 de outubro de 2015
por Esmael Morais
28 Comentários

Coluna do Rafael Greca: Curitiba inspira cuidados

Download

Rafael Greca*

Cresce entre os que amam Curitiba a certeza de que nossa cidade inspira cuidados. Deprimida, corroída, mofada, ameaçada por desleixo público, vítima de uma administração enferrujada e infrutífera, Curitiba suspira pelo tempo perdido.

Nos últimos 9 dias, observei 6 graves sinais de uma peste urbana que consome a qualidade de vida de Curitiba: 1) ciclista morto por inacreditável buraco no asfalto derramado pela prefeitura no Xaxim; 2) na rua XV, poste de ferro que abate cidadã, ensanguentando o calçadão; 3) ferrugem no Bondinho na mesma rua das Flores; 4) ratos à luz do dia nos gramados da Praça Tiradentes; 5) grades de proteção corroídas no parque Tanguá; 6) 300 ônibus velhos em circulação provocando até ação do Ministério Público.

É na Cidade que a vida se realiza. Não dá para separar nossa gente da nossa Cidade. Se Cidade vai mal, a gente curitibana sofre, padece.

A 3 de outubro, sábado, na rua David Town, no Xaxim, morreu Milton Ferreira de Oliveira (47) , ciclista, ao voar 40 metros depois de cair num buraco da ciclovia e em seguida topar em elevação no asfalto mal derramado – pela Prefeitura.

Uma depressão ou elevação inusitada no asfalto pode matar uma pessoa, então, cuidar das pessoas é também fazer bem feito o recape de pavimentos em ruas e ciclovias.

A 6 de outubro, terça-feira, visito a praça Liberdade, onde a rua Jari encontra a avenida da Integração, no Bairro Alto. Ali constato que o vestiário para os atletas – que fiz construir – não existe mais. Ruiu por abandono.

Casa em ruínas pode virar cracolândia, mocó de malfeitores, pode também desabar sobre as pessoas. Então, cuidar das pessoas é evitar ruína dos equipamentos públicos. Preservando-lhes a firmeza, a utilidade e a beleza.

A 9 de outubro, sexta feira, no centro de Curitiba, na rua XV com João Negrão, um poste de ferro fundido desmilinguiu-se, torcido, caindo aos pedaços sobre a curitibana Maria Ferreira Ribas (59), que saía do trabalho para almoçar.

Gravemente ferida, a sexagenária deu entrada na UTI do Hospital Evangélico com traumatismo craniano. Seu estado inspira cuidados.

Percorri o calçadão da rua XV, onde instalei os elegantes post Leia mais

28 de julho de 2015
por Esmael Morais
4 Comentários

Veja essa: Concessionárias dizem que soja e milho subiram mais que pedágio no Paraná

tarifaA Associação Brasileira das Concessionarias de Rodovias (ABCR), em informe publicitário publicado nesta terça-feira (28), em veículos de imprensa do estado do Paraná, afirmou que o preço da soja e milho subiu mais que as tarifas do pedágio. ... 

Leia mais