Frente Ampla lança neste sábado campanha nacional pelas Diretas Já

Presidida pelo senador Roberto Requião (PMDB-PR), a Frente Ampla Parlamentar, formada por 220 congressistas, lançará neste sábado (8), em Curitiba, a campanha pelas Diretas Já com presenças de pesos pesados da política tais como Ciro Gomes (PDT), Gleisi Hoffmann (PT-PR) e Lindbergh Farias (PT-RJ).

Moro mereceria ser chamado de “canalha, canalha, canalha!”, diz Paulo Henrique Amorim

O jornalista Paulo Henrique Amorim, o PHA, do Conversa Afiada, disse que o juiz Sérgio Moro foi reduzido ao tamanho do Senado após aceitar o PowerPoint fajuto como se fosse prova contra o ex-presidente Lula.

Governo e PSDB se unem pelo fim da obrigatoriedade da Petrobras na exploração do pré-sal

Senadores Lindbergh Farias (PT-RJ) e Roberto Requião (PMDB-PR) sentiram-se "traídos" pelo governo, que fez acordo com o PSDB para aprovar lei que desobriga participação da Petrobras no pré-sal; “A mudança de orientação do governo, durante a tarde de hoje, nos deixou perplexos e desarmou nossa luta”, reagiu o parlamentar fluminense; durante a discussão em plenário, o Requião chegou a bater boca com o senador José Serra (PSDB-SP), autor do projeto aprovado, citando os relatórios vazados pelo site WikiLeaks, o peemedebista acusou o tucano de integrar o lobby da multinacional Chevron".
Senadores Lindbergh Farias (PT-RJ) e Roberto Requião (PMDB-PR) sentiram-se “traídos” pelo governo Dilma Rousseff, que fez acordo com o PSDB para aprovar lei no Senado que desobriga participação da Petrobras no pré-sal; “A mudança de orientação do governo, durante a tarde de hoje, nos deixou perplexos e desarmou nossa luta”, reagiu o parlamentar fluminense; durante a discussão em plenário, Requião chegou bater boca com o senador José Serra (PSDB-SP), autor do projeto aprovado, citando os relatórios vazados pelo site WikiLeaks e acusando o tucano de integrar o lobby da multinacional Chevron.

Um acordo entre o governo Dilma Rousseff (PT) e bancada do PSDB possibilitou, na noite desta quarta-feira (24), no Senado, a aprovação do Projeto de Lei 131/2015, de autoria do senador José Serra (PSDB-SP), que revoga a participação obrigatória da Petrobras na exploração do petróleo da camada pré-sal.

Por 40 votos a 26 e duas abstenções foi acatado substitutivo apresentado pelo senador Romero Jucá (PMDB-RR), que simbolizou o acordo entre governo e oposição tucana. No começo deste mês, o Blog do Esmael sentiu cheiro de “enxofre” no ar ao notar essa movimentação rumo ao entendimento para “ferrar” os trabalhadores e a Nação. Bingo!

“A mudança de orientação do governo, durante a tarde de hoje, nos deixou perplexos e desarmou nossa luta, abrindo mão do enfrentamento em prol de um péssimo acordo com o PSDB que causa um prejuízo enorme ao Brasil”, protestou o senador Lindbergh Farias (PT-RJ), da chamada bancada desenvolvimentista.

Ao vivo de BH: Fórum Popular e Democrático; pela renúncia de Levy e por uma Constituinte Exclusiva

O Blog do Esmael, em parceria com a TVT (geradora) e a TV 15 (repetidora), desde Belo Horizonte, transmite ao vivo para o Brasil e o mundo mais um comício da Frente Nacional Popular e Democrática.

O evento deste sábado tem como figuras centrais o governador mineiro Fernando Pimentel (PT) e os senadores Lindbergh Farias (PT-RJ) e Roberto Requião (PMDB-PR).

Dentre as bandeiras que serão discutidas hoje serão a demissão imediata do ministro da Fazenda, Joaquim Levy, e a mudança na política econômica do governo Dilma; contra o golpe, instalação de uma Constituinte Exclusiva para a reforma política.

O lançamento nacional da Frente Popular e Democrática ocorreu no último dia 28 de agosto, em Curitiba (clique aqui). Na capital paranaense a palavra de ordem também foi “Fora Levy” e mudança na política econômica