20 de Abril de 2014
por esmael
37 Comentários

Diretor da Abril vê o mais “incompetente” governo em Dilma

do Brasil 247 O Brasil acabou. Está em petição de miséria, é um caso perdido e não terá solução, caso a presidente Dilma Rousseff seja reeleita. Esta é a visão do jornalista José Roberto Guzzo, que já dirigiu Veja e Exame, integra o conselho editorial da Abril sem ser da família Civita e cujas opiniões amargas se espraiam pelas revistas da casa editorial hoje comandada por Fábio Barbosa.

O governo Dilma, diz Guzzo, é o pior de todos da história do País. Pior do que o dos militares, que mataram e torturam, pior do que o de Fernando Collor, que terminou em impeachment, pior do que o de José Sarney, que teve hiperinflação, ou do que o de FHC, que levou o Brasil três vezes ao FMI. Muito pior também do que o de Campos Salles, que levou o Brasil à  crise do encilhamento.

Se não é esse o país ou o planeta em que você vive, tudo bem. Você está certo e Guzzo parece desesperado. O Brasil é hoje um país com pleno emprego, mais de US$ 375 bilhões em reservas internacionais, expansão da renda e com boa capacidade de atração de investimentos internos e internacionais.

A Abril, que contratou o consultor Vicente Falconi para cortar custos e já demite profissionais, inclusive em Veja, é que parece estar em petição de miséria (leia mais aqui).

Leia, abaixo, o artigo de Guzzo:

“A casa não pode cair”, por J.R. Guzzo

Todo brasileiro de olhos abertos para o que está acontecendo no país em geral, e na sua própria vida em particular, sabe muito bem que a coisa está preta.

Há mil e uma razões para isso, como se pode verificar todos os dias pelo noticiário; seria pretencioso, além de inútil, tentar fazer uma lista de todas.

Basta dizer, para encurtar o assunto, que, segundo as últimas pesquisas de opinião, mais de 70% da população acha que assim não vai, e quer mudanças na ação do governo como um todo.

Será que os brasileiros, finalmente, se convenceram de que estão sendo dirigidos por um dos governos mais incompetentes que já tiveram de aguentar !“ ou, possivelmente, o mais incompetente de todos?

Mais interessante ainda: a propaganda descomunal que o poder público soca todos os dias em cima da população e o uso sistemático da mentira talvez já não estejam dando os resultados que costumam dar.

A presidente Dilma Rousseff, por exemplo, ameaça combater a corrupção na Petrobras, mas diz que os `inimigos da empresa` são os que sugeriram mudar seu nome para !´Petrobrax`, cerca de quinze anos atrás, com a intenção secreta de liquidá-la !“ e, ao mesmo tempo, faz tudo para impedir que se investigue a roubalheira pública de hoje.

Quanta gente acredita num desvario desses? Tudo bem. O Brasil está em petição de miséria, e o presen