1 de setembro de 2015
por esmael
16 Comentários

Pesquisa inédita mostra que maioria dos brasileiros não confia nas ‘delações premiadas’ da Lava Jato

moro_delacao_pesquisaA Paraná Pesquisa foi o primeiro instituto do país a fazer o Raio-X mais completo da operação Lava Jato, da Polícia Federal, que é coordenada pelo juiz paranaense Sérgio Moro.

Segundo levantamento realizado entre os dias 24 e 27 de agosto, 51% dos brasileiros não confiam nas ‘delações premiadas’ — as colaborações de supostos criminosos para resolver supostos crimes. Apenas 35% confiam no teor desses acordos entre as partes.

A polêmica acerca desse tema não é novidade, pois advogados de defesa de réus na Lava Jato acusam Moro de promover “tortura psicológica” para obter acordos de delação.

O criminalista curitibano Claudio Dalledone Júnior, prestes a celebrar um primeiro acordo de delação premiada para seu cliente na Justiça do Paraná, Eduardo Lopes, da empreiteira Valor, vê com reservas o instituto.

“É o tipo de coisa que, por enquanto, só prospera em crimes de colarinho branco. Se utilizado entre bandidos de milícias e narcotráfico, por exemplo, vai aparecer advogado morto por aí”, alerta Dalledone Júnior.

Embora duvide do conteúdo, 55% dos os brasileiros se dizem a favor da ‘delação premiada’ na operação Lava Jato.

A Paraná Pesquisas entrevistou 2.060 eleitores maiores de 16 anos em 154 municípios brasileiros, distribuídos em 23 estados, entre os dias 24 e 27 de agosto. A margem de erro é de 2%.

A seguir, leia a íntegra da pesquisa sobre a Lava Jato: Leia mais

28 de agosto de 2015
por esmael
14 Comentários

Empresário acusado de desviar dinheiro da educação quer fazer delação premiada

Criminalista Claudio Dalledone Junior terá que decidir nos próximos dias se encaminhará 'delação premiada' do empreiteiro Eduardo Lopes;ex-dono da Valor é acusado de desviar R$ 30 milhões que eram destinados à construção de escolas.

Criminalista Claudio Dalledone Junior terá que decidir nos próximos dias se encaminhará ‘delação premiada’ do empreiteiro Eduardo Lopes;ex-dono da Valor é acusado de desviar R$ 30 milhões que eram destinados à construção de escolas.

A temperatura voltará a subir nos próximos dias na região do Centro Cívico, pois o empresário Eduardo Lopes, ex-dono da empreiteira Valor, pediu para fazer delação premiada na operação “Quadro Negro”, do Núcleo de Repressão a Crimes Econômicos (Nurce). ... 

Leia mais

21 de julho de 2015
por esmael
30 Comentários

Desvios na educação levam mais um amigo de Beto Richa para a cadeia no PR

faninin ... 

Leia mais