23 de Maio de 2014
por esmael
14 Comentários

TSE concede terceira liminar a tucanos censurando comercial do PT

do Brasil 247A ministra Laurita Vaz, do Tribunal Superior Eleitoral, atendeu nesta sexta-feira 23 ao terceiro pedido do PSDB, em menos de um mês, contra inserções partidárias do PT. A decisão de agora proíbe o Partido dos Trabalhadores de exibir o comercial que faz referência aos “fantasmas do passado” na inserção nacional que vai ao ar no dia 10 de junho.

Na última quarta-feira, a ministra do TSE já havia suspendido o mesmo filme, com base em outra ação do PSDB. Ela alegou, tanto na quarta como hoje, que a propaganda sinaliza “ainda que de forma dissimulada, necessidade de continuação do governo comandado pela presidente Dilma Rousseff”.

No vídeo, o narrador diz que o Brasil não pode deixar que “fantasmas do passado voltem”, com imagens de pessoas, hoje com empregos e acesso a estudos e saúde, se vendo no passado, em situações muito piores, como pedindo esmola. O PT informou que já recorreu da decisão de quarta-feira.

Para o PSDB, as circunstâncias em que foram veiculadas as inserções induzem à  “promoção pessoal” da presidente e tem “propósitos eleitoreiros para alavancar a popularidade” de Dilma. Na mesma ação, o partido pede para que o TSE casse o direito do PT de veicular o programa partidário no segundo semestre e aplique multa máxima – que pode chegar a R$ 25 mil – ao diretório nacional do partido e à  presidente. Esse pedido ainda não foi julgado.

A primeira decisão da ministra Laurita Vaz contra programas do PT foi do dia 14 de maio, suspendendo um comercial veiculado no último dia 6 em rádio e televisão. O filme trazia falas da presidente Dilma Rousseff e do ex-presidente Lula, com críticas indiretas à  oposição.