27 de junho de 2014
por Esmael Morais
15 Comentários

Nova greve de ônibus desafia prefeito Gustavo Fruet em Curitiba

Motoristas e cobradores ligados ao Sindimoc desafiam o prefeito Gustavo Fruet em Curitiba; pela segunda vez, neste ano, a categoria cruzou os braços para exigir melhores condições de trabalho e reajuste nos salários; nesta sexta (27), cerca 2 dois milhões de usuários do sistema público de transporte ficaram a pé na capital e região metropolitana.

Motoristas e cobradores ligados ao Sindimoc desafiam o prefeito Gustavo Fruet em Curitiba; pela segunda vez, neste ano, a categoria cruzou os braços para exigir melhores condições de trabalho e reajuste nos salários; nesta sexta (27), cerca 2 dois milhões de usuários do sistema público de transporte ficaram a pé na capital e região metropolitana.

A capital paranaense amanheceu sem ônibus em virtude de uma greve de motoristas e cobradores. Cerca de 2 milhões de usuários ficaram sem opção de locomoção. O movimento paredista desafia o prefeito Gustavo Fruet pela segunda vez, haja vista que em fevereiro a categoria já havia cruzado os braços. ... 

Leia mais

27 de fevereiro de 2014
por Esmael Morais
18 Comentários

Prefeitos da região metropolitana de Curitiba questionam capacidade de gestão de Ratinho Júnior

Quando aceitou a proposta do governador Beto Richa (PSDB) para assumir a Secretaria de Desenvolvimento Urbano (SEDU), Ratinho Júnior (PSC), recém-derrotado nas urnas, em 2012, pensou na experiência administrativa que ganharia. Algo que lhe faltou na disputa com o também neófito Gustavo Fruet (PDT). A imagem de bom gestor vinha sem cultivada com muito esmero para a revanche do secretário em 2016. Vinha, pelos motivos que apresento abaixo.

Na primeira reunião realizada pela Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Curitiba (Assomec) o assunto principal não poderia ser outro: transporte coletivo. Coincidentemente no mesmo dia em que uma grande paralisação pegou de surpresa milhares de usuários da Rede Integrada de Transporte, prefeitos e demais representantes de diversos municípios da RMC se reuniram na noite desta quarta-feira (26) na cidade de Araucária.

O presidente da Assomec e prefeito de Pinhais, Luizão Goulart classifica como caótico! o momento que vive os municípios metropolitanos.

Precisamos de soluções efetivas, mais transparência, maior participação nas decisões, novas licitações!, comentou. Para o prefeito é lamentável ver milhares de trabalhadores sendo lesados devido ao impasse que afeta o transporte.

Hoje, infelizmente, ficamos de mãos atadas esperando um posicionamento por parte da Comec e Urbs, precisamos de maior autonomia para tomar decisões em relação ao transporte em nossos municípios”, completou.

Já o prefeito de Balsa Nova, Luis Claudio Costa desabafou: Não consigo entender o porquê que nós municípios não podemos implantar uma nova linha de ônibus, não podemos tomar decisões. Quem administra isso? Qual o interesse da Comec? Será que é para encher os bolsos dos empresários do transporte?!, questionou Luis Claudio.

A dificuldade dos municípios em atender a população no que diz respeito ao transporte coletivo retrata bem o momento que vive a cidade da Lapa. Segundo a prefeita Leila Klenk, diversas tentativas foram feitas para que novas linhas fossem implantadas pa Leia mais

26 de fevereiro de 2014
por Esmael Morais
9 Comentários

Justiça determina circulação em Curitiba de 50% dos ônibus em ‘horários de pico’

Neste exato momento, no TRT, sindicatos dos empresários e dos trabalhadores realizam audiência; Sindimoc reivindica reajuste de 16% para motoristas e 22% para cobradores; Setransp oferece reajuste do INPC, pouco mais de 5%; desembargadora Ana Carolina Zaina determinou o retorno de 50% dos ônibus nos horários de pico.

Neste exato momento, no TRT, sindicatos dos empresários e dos trabalhadores realizam audiência; Sindimoc reivindica reajuste de 16% para motoristas e 22% para cobradores; Setransp oferece reajuste do INPC, pouco mais de 5%; desembargadora Ana Carolina Zaina determinou o retorno de 50% dos ônibus nos horários de pico.

A desembargadora Ana Carolina Zaina, do Tribunal Regional do Trabalho (TRT), na tarde desta quarta (26), determinou o retorno imediato de 40% dos ônibus. A magistrada também mandou a volta de 50% dos veículos nos horários de pico. ... 

Leia mais

22 de dezembro de 2013
por Esmael Morais
12 Comentários

Em protesto contra calote, motoristas e cobradores ameaçam liberar as catracas dos ônibus em Curitiba

Trabalhadores do transporte coletivo poderão liberar a catraca para os usuários de ônibus em Curitiba; motoristas e cobradores querem receber décimo terceiro salário e vale refeição atrasados; empresas fazem "rodízio" para dar calote nos trabalhadores, denuncia vereador Rogério Campos, representante da categoria na Câmara Municipal; paralelamente, o Sindicato das Empresas (Setransp) exige do prefeito Gustavo Fruet R$ 55 milhões para não parar a operação; Afinal de contas, esse movimento é um locaute (paralisação de gordos empresários) ou greve de trabalhadores?

Trabalhadores do transporte coletivo poderão liberar a catraca para os usuários de ônibus em Curitiba; motoristas e cobradores querem receber décimo terceiro salário e vale refeição atrasados; empresas fazem “rodízio” para dar calote nos trabalhadores, denuncia vereador Rogério Campos, representante da categoria na Câmara Municipal; paralelamente, o Sindicato das Empresas (Setransp) exige do prefeito Gustavo Fruet R$ 55 milhões para não parar a operação; Afinal de contas, esse movimento é um locaute (paralisação de gordos empresários) ou greve de trabalhadores?

O Sindicato dos Motoristas e Cobradores de à”nibus de Curitiba e Região Metropolitana (Sindimoc) deverá aprovar em assembleia, à s 2 horas, na madrugada desta segunda (23), a saída dos coletivos das garagens sem os cobradores. Na prática, em protesto contra calotes das empresas no décimo terceiro e vale alimentação, os trabalhadores vão liberar as catracas para os usuários do sistema de transporte na grande Curitiba. ... 

Leia mais