14 de fevereiro de 2019
por Esmael Morais
Comentários desativados em Base do governo Bolsonaro é desqualificada e agressiva, diz Gleisi; assista

Base do governo Bolsonaro é desqualificada e agressiva, diz Gleisi; assista

A presidenta nacional do PT, deputada Gleisi Hoffmann, ocupou a tribuna da Câmara dos Deputados nesta quinta-feira (14) para falar sobre o início do governo Bolsonaro e sobre a base governista no Congresso.  ... 

Leia mais

23 de janeiro de 2019
por Esmael Morais
Comentários desativados em AO VIVO: Gleisi fala sobre os escândalos da família Bolsonaro

AO VIVO: Gleisi fala sobre os escândalos da família Bolsonaro

A presidenta nacional do PT, Gleisi Hoffmann, comenta os escândalos envolvendo a família do presidente Jair Bolsonaro (PSL). Assista ao vivo. ... 

Leia mais

23 de janeiro de 2019
por Esmael Morais
Comentários desativados em Gleisi explica no Youtube a situação da Venezuela; assista

Gleisi explica no Youtube a situação da Venezuela; assista

A nova youtuber, presidenta nacional do PT Gleisi Hoffmann, publicou um vídeo falando da situação da Venezuela de forma didática. Vale a pena assistir. ... 

Leia mais

17 de janeiro de 2019
por Esmael Morais
Comentários desativados em PT, PSOL e até MBL criticam suspensão da investigação sobre Queiroz-Bolsonaro

PT, PSOL e até MBL criticam suspensão da investigação sobre Queiroz-Bolsonaro


A decisão do ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), de suspender as investigações sobre movimentações financeiras suspeitas de Fabrício Queiroz, ex-assessor e amigo do senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), foi criticada nas redes sociais por parlamentares do PT, do PSOL e até do Movimento Brasil Livre (MBL).

Presidente nacional do PT, a senadora e deputada federal eleita Gleisi Hoffmann (PR) mostrou indignação com a decisão anunciada no começo da tarde desta quinta-feira, 17. “Muito grave a notícia de que o Supremo suspendeu a investigação sobre o caso. Os pesos e medidas são muito diferentes. Para Lula, basta convicção, para os Bolsonaros nem documento público é considerado”, afirmou a petista.

Kim Kataguiri, uma dos principais líderes do MBL, escreveu que o pedido “cheira muito mal”. “Entrar com pedido para ser investigado em foro especial é, no mínimo, suspeito”, afirmou o deputado federal eleito do DEM-SP.

O senador Humberto Costa (PT-PE) questionou se a situação vai terminar sem resolução. “Até hoje, MP sequer conseguiu ouvi-los. Vai acabar tudo em pizza?”, escreveu em seu Twitter.

O ex-presidenciável Guilherme Boulos (PSOL) ironizou a declaração do deputado federal reeleito Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) feita ano passado de que, para fechar o Supremo Tribunal Federal, bastaria um soldado e um cabo. “STF acaba de suspender a investigação de Queiroz a pedido de Flávio Bolsonaro. O cabo e o soldado já entraram no STF”, disse.

As movimentações financeiras e repasses de recursos de Queiroz foram descobertas pelo Coaf – Conselho de Controle de Atividades Financeiras.

O amigo da família Bolsonaro vem evitando há mais de um mês prestar esclarecimentos ao Ministério Público do Rio de Janeiro, sempre alegando problemas de saúde.

*Com informações do Estadão Conteúdo
Leia mais

17 de janeiro de 2019
por Esmael Morais
Comentários desativados em PT anuncia convocação de congresso para renovar agenda política após vitória de Bolsonaro

PT anuncia convocação de congresso para renovar agenda política após vitória de Bolsonaro


A presidente do Partido dos Trabalhadores (PT), senadora Gleisi Hoffmann, em carta à militância, publicada no site oficial da legenda, nesta quinta-feira (17), anuncia a convocação do 7° Congresso Nacional do PT que terá como foco a nova conjuntura política, após a vitória eleitoral de Jair Bolsonaro (PSL) nas eleições de 2018.

“O tema principal do próximo Congresso será a conjuntura política do país, com a ascensão do governo Bolsonaro, da extrema-direita, após uma eleição comprometida pela interdição da candidatura do presidente Lula e o uso disseminado de fake-news no sub mundo das redes sociais”, diz um trecho da carta assinada pela dirigente petista.

Uma reunião da executiva nacional do PT, marcada para os dia 9 e 10 de fevereiro, vai definir a data do congresso e os critérios de participação dos filiados. Leia mais

15 de janeiro de 2019
por Esmael Morais
Comentários desativados em PT vai monitorar ataques de Bolsonaro à democracia

PT vai monitorar ataques de Bolsonaro à democracia

O PT se reuniu nesta segunda-feira (14) na Câmara dos Deputados para definir ações de monitoramento e oposição ao governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL).

LEIA TAMBÉM:

Gabinetes de deputados do PT e Psol foram revistados sem autorização por ‘medida de segurança’ ... 

Leia mais

14 de janeiro de 2019
por Esmael Morais
Comentários desativados em Bolsonaro deveria se empenhar em acertar seu governo, diz Gleisi

Bolsonaro deveria se empenhar em acertar seu governo, diz Gleisi

A presidenta nacional do PT, Gleisi Hoffmann usou o Twitter para mandar um recado ao presidente Bolsonaro; que, para ela, parece mais preocupado com o PT de que com o governo do País.

LEIA TAMBÉM: Gleisi Hoffmann: A quem interessa uma intervenção na Venezuela?

Segundo ela, o presidente precisa “falar mal do PT é pra não falar do Queiroz, do caixa dois do Ônix, das nomeações de parentes e amigos.”

Confira o Twitt da futura deputada federal:

Ao invés do Bolsonaro falar tanto do PT deveria se empenhar em acertar seu governo que comete erros em série. Mas entendo, falar mal do PT é pra não falar do Queiroz, do caixa dois do Ônix, das nomeações de parentes e amigos ... 

Leia mais

12 de janeiro de 2019
por Esmael Morais
Comentários desativados em ‘Filhotes da ditadura’, MBL quer enquadrar Gleisi na Lei de Segurança Nacional

‘Filhotes da ditadura’, MBL quer enquadrar Gleisi na Lei de Segurança Nacional

O MBL entrou com representação na Procuradoria-Geral da República contra a presidente do PT, Gleisi Hoffmann. Eles querem enquadrar Gleisi na Lei de Segurança Nacional por ter participado da posse de Nicolás Maduro.

Segundo Rubinho Nunes, advogado e coordenador do MB, ela teria infringido o Artigo 8 da Lei de Segurança Nacional, que afirma que é crime “entrar em entendimento ou negociação com governo ou grupo estrangeiro, ou seus agentes, para provocar guerra ou atos de hostilidade contra o Brasil”. 

“A postura da Gleisi como presidente do PT e seu alinhamento com o Nicolás Maduro, bem como as críticas ao Grupo de Lima, ao qual o Brasil é signatário, acentuaram a hostilidade do ditador venezuelano ao governo brasileiro”, disse Rubinho.

Ou seja, para eles quem pensar diferente tem que ir em cana. Igual na ditadura.

Com informações da Folha de S. Paulo. Leia mais

10 de janeiro de 2019
por Esmael Morais
Comentários desativados em Gleisi cita sete motivos para participar da posse de Maduro

Gleisi cita sete motivos para participar da posse de Maduro

A presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann elencou sete motivos que justificam sua participação da posse do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, ocorrida nesta quinta (10).

LEIA TAMBÉM:

Deu chabu na Venezuela: ‘Grupo de Lima’ tenta derrubar Nicolás Maduro ... 

Leia mais

2 de janeiro de 2019
por Esmael Morais
Comentários desativados em ‘Ratinho Jr. precisa dizer como vai ficar o combate à pobreza no Paraná’, cobrou Gleisi

‘Ratinho Jr. precisa dizer como vai ficar o combate à pobreza no Paraná’, cobrou Gleisi

A presidenta nacional do PT cobrou um posicionamento do novo governador do Paraná, Ratinho Junior (PSD), sobre desmonte das políticas para agricultura familiar e segurança alimentar.

“O governo do Paraná precisa dizer como vai ficar a agricultura familiar do estado diante desse desmonte completo das políticas de combate à fome e à pobreza e precisa dizer como pretende proteger a população desses ataques”, disse Gleisi Hoffmann.

Segundo ela, vai levar tempo para a sociedade civil digerir ou ter a exata dimensão de todos os desmontes das políticas públicas da Medida Provisória 870/2019, editada por Bolsonaro.

“A MP foi arquitetada para diminuir ao máximo o tamanho do estado e, junto com ele, extinguir as possibilidades de acolher demandas sociais.” Afirmou em nota.

Através das redes sociais, Gleisi manifestou sua preocupação e indignação diante desses ataques e do impacto disso no Paraná.

“O governo do Paraná precisa dizer como vai ficar a agricultura familiar do estado diante desse desmonte completo das políticas de combate à fome e à pobreza e precisa dizer como pretende proteger a população desses ataques”, defende a senadora. Leia mais

12 de dezembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em “Massacre de Campinas é um alerta sobre risco de liberar armas”, diz Gleisi

“Massacre de Campinas é um alerta sobre risco de liberar armas”, diz Gleisi


No Twitter, a presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), relacionou o ataque que matou quatro pessoas na Catedral Metropolitana de Campinas (SP), na terça-feira (11), com as propostas do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), sobre armamento. Nesta quarta-feira, foi confirmada a morte de mais uma vítima, totalizando cinco vítimas fatais do ataque.

Para Gleisi, o País pode ter crimes como esse em frequência, em uma situação semelhante à que ocorre os Estados Unidos. “Massacre na igreja de Campinas assusta e alerta c/ possibilidade de Brasil ter c/ mais frequência crimes, estilo americano. Assassino sofria de depressão. Estava desempregado desde 2014. Se liberar armas e continuar incitando violência o novo governo vai tornar isso recorrente”, escreveu a dirigente petista. Leia mais

9 de dezembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Em nota, bancada do PT repudia o assassinato de militantes do MST na Paraíba

Em nota, bancada do PT repudia o assassinato de militantes do MST na Paraíba

A Bancada do PT na Câmara dos Deputados, através de nota assinada pelo líder Paulo Pimenta (PT-RS), repudia o assassinato dos militantes José Bernardo “Orlando” da Silva e Rodrigo Celestino, do MST na Paraíba. O crime ocorreu neste sábado (8), no acampamento Dom José Maria Pires, em Alhandra (PB).

LEIA TAMBÉM:

Pimenta denuncia complô judicial para matar Lula ... 

Leia mais

21 de novembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Ué, não era pra todo mundo ser bem limpinho?, pergunta Gleisi sobre ministério de Bolsonaro

Ué, não era pra todo mundo ser bem limpinho?, pergunta Gleisi sobre ministério de Bolsonaro

Foto: Giorgia Prates

A presidenta do PT, senadora Gleisi Hoffmann, questionou a “moral flexível” do presidente eleito Jair Bolsonaro. Mais da metade dos ministros anunciados pelo “coiso” estão envolvidos em denúncias.

Segundo levantamento do Brasil 247, seis dos dez nomes indicados por Bolsonaro estão enrolados: Onyx Lorenzoni (Casa Civil), Paulo Guedes (Economia), Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia), Tereza Cristina (Agricultura), Luiz Henrique Mandetta (Saúde), e Sérgio Moro (Justiça).

Ou seja, já é um governo ficha suja mesmo antes de começar.

Gleisi twittou:

Luiz Henrique Mandetta, DEM-MS, novo ministro da Saúde, assim como Tereza Cristina, ministra da Agricultura, está envolvido com mal feitos, é investigado por tráfico de influência, fraude em licitação e caixa 2. Ué, não era pra todo mundo ser bem limpinho? Eita moral flexível! ... 

Leia mais

19 de novembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em PT: Castello Branco foi escolhido para ser o coveiro da Petrobras

PT: Castello Branco foi escolhido para ser o coveiro da Petrobras


O PT criticou duramente nesta segunda feira (19) o anúncio do economista Roberto Castello Branco como futuro presidente da Petrobras no governo de Jair Bolsonaro (PSL).

LEIA TAMBÉM:

Roberto Castello Branco na Petrobras será a raposa cuidando do galinheiro, fulmina Gleisi Hoffmann ... 

Leia mais

15 de novembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Roteiro estabelecido por Moro implica em nova condenação de Lula

Roteiro estabelecido por Moro implica em nova condenação de Lula

O depoimento de Lula ontem (14) à juíza substituta do juiz Sérgio Moro, Gabriela Hardt, da 13º Vara Federal em Curitiba, demonstrou que a Lava jato, em mais uma farsa jurídica, encaminha nova condenação ao ex-presidente no caso do sítio de Atibaia.

LEIA TAMBÈM:

Suspeição de Sérgio Moro pode anular todas as condenações da lava jato ... 

Leia mais

13 de novembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Lideranças nacionais do PT e de movimentos sociais em Curitiba para acompanhar depoimento de Lula

Lideranças nacionais do PT e de movimentos sociais em Curitiba para acompanhar depoimento de Lula


Lideranças partidárias e de movimentos sociais irão acompanhar o depoimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva nesta quarta-feira (14), em Curitiba. Será a primeira vez que Lula deixará a sede da Superintendência da Polícia Federal desde que se tornou preso político no dia 7 de abril deste ano.

A presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann, o líder do PT na Câmara de Deputados, Paulo Pimenta, e diversos dirigentes nacionais do partido acompanharão o depoimento de Lula. Também lideranças nacionais de movimentos sociais estão se deslocando para prestar solidariedade ao ex-presidente. Além de caravanas de movimentos sociais de Curitiba e Região Metropolitana.

Leia mais

7 de novembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Senado vota aumento para PGR na surdina, denuncia Gleisi

Senado vota aumento para PGR na surdina, denuncia Gleisi

A senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) denunciou pelo Twitter que está prestes a ser votado no Senado um Projeto de Lei da Procuradoria-Geral da República que aumenta o subsídio de Raquel Dodge e dos procuradores da República.

Segundo Gleisi, o projeto tramita ser fazer alarde, aproveitando o momento político conturbado. Enquanto isso, o país segue com “milhões de desempregados,  embora o eleito presidente não acredite nisso”

Confira o twitt da presidenta do PT:

Na surdina, Senado inclui na Ordem do Dia Projeto de Lei da Procuradoria-Geral da República que aumenta o subsídio de Raquel Dodge e dos procuradores da República. Inacreditável pra um país que tem milhões de desempregados, embora o candidato eleito presidente não acredite nisso ... 

Leia mais

1 de novembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Gleisi tenta barrar a carta branca para a perseguição política decretada por Temer

Gleisi tenta barrar a carta branca para a perseguição política decretada por Temer

A senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) apresentou um Projeto de Decreto Legislativo que visa barrar a legalização da perseguição política decretada pelo ilegítimo Michel Temer (MDB).

A proposta da senadora visa sustar o Decreto 9.527, de 15 de outubro de 2018, que cria uma “força-tarefa de inteligência para o enfrentamento ao crime organizado no Brasil”.

Gleisi já denunciou o expediente de Temer como uma carta branca para permitir “toda sorte de perseguições a pessoas, coletivos populares organizados, movimentos sociais e para fragilizar ao máximo, os direitos individuais e conquistas sociais do povo brasileiro”.

A senadora alerta que, sob o pretexto de investigar crime organizado, essa força-tarefa de Temer prepara o terreno para a implementação das propostas mais truculentas e repressoras do presidente eleito, Jair Bolsonaro.

“Vai permitir aos organismos que integrarão essa tal força-tarefa invadir a privacidade de qualquer cidadão, sem limites, vigiar e criminalizar os movimentos sociais e organizações de defesa dos direitos civis, atropelar a Constituição, perseguir indiscriminadamente”, acrescenta a senadora.

Confira a seguir a íntegra da proposta da senadora: 

PDS1292018 ... 

Leia mais

30 de outubro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em PT propõe resistência com frente democrática

PT propõe resistência com frente democrática

A presidenta nacional do PT, Gleisi Hoffmann, concedeu uma entrevista coletiva logo após a reunião da direção nacional do PT nesta terça (30). Ela estava acompanhada pelos deputados Paulo Pimenta (RS) e José Guimarães (CE).

Antes de abrir para perguntas, Gleisi fez uma análise do momento político com a derrota na disputa pela Presidência da República.

Segundo ela o momento é de resistência. Para o PT, o resultado das eleições é a continuação de um processo que teve início no golpe de 2016 que tirou a presidenta Dilma Rousseff do cargo.

Esse processo teve sequência com a retirada de direitos trabalhistas e com a prisão do ex-presidente Lula. A eleição seria portanto a maneira de trazer legitimidade ao golpe de 2016.

Depois, a senadora fez uma análise de todo o processo eleitoral, das fake news e da violência eleitoral.

Sobre o desempenho do PT, apesar de não ter conquistado a presidência, o partido teve um bom desempenho, elegendo a maior bancada na Câmara, quatro governadores, além de levar seu candidato ao segundo turno.

Gleisi também falou sobre a formação de uma frente democrática para barrar maiores retrocessos no país. Segundo ela, o presidente eleito, em conluio com o atual Michel Temer (MDB), estão planejando mais ataques aos direitos dos trabalhadores e à soberania nacional.

A presidente do PT também ressaltou o papel da militância, dos aliados, dos movimentos sociais, artistas intelectuais e todos que se uniram na campanha contra o fascismo.

Também citou o candidato a presidente Fernando Haddad, que permanece como importante liderança da esquerda. A sua vice, Manuela D’Ávila. E, é claro, o ex-presidente Lula preso político vítima de um julgamento sem provas.

Veja a seguir a íntegra da fala da senadora Gleisi e os questionamentos da imprensa.

Leia mais

19 de setembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Senadora Gleisi entre as ‘Cabeças’ do Congresso Nacional pelo Diap

Senadora Gleisi entre as ‘Cabeças’ do Congresso Nacional pelo Diap


A senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) está entre as “Cabeças” do Congresso Nacional pelo 5° ano. A lista foi divulgada na terça-feira (18) pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap).

A relação é composta pelos 100 parlamentares mais influentes do país. Entre entre eles, 65 são deputados e 35 são senadores.

O PT é o partido com mais parlamentares entre os 100 mais influentes: são 19 no total, 13 deputados e 6 senadores.

Esta é a 25ª edição dos “Cabeças”. A intenção desse acompanhamento é fornecer ao movimento social uma radiografia dos principais interlocutores no Congresso Nacional.

Para Gleisi, o resultado é consequência do seu comprometimento com a defesa da democracia e com as pautas que interferem diretamente na vida da população. “Ao longo de meu mandato, tenho feito a defesa intransigente de projetos e ações que beneficiem os brasileiros e ajudem a resgatar a nossa democracia. É gratificante receber o reconhecimento do trabalho realizado”, destacou.

A lista completa está no

Portal do Diap ... 

Leia mais