16 de dezembro de 2013
por Esmael Morais
8 Comentários

Pressionado, governo Richa recua de privatização na saúde

Deputado Gilberto Martin, que é médico de profissão, nesta segunda, comemorou o recuou do governo Richa que retirou da pauta projeto que privatizava a saúde no estado; segundo o parlamentar do PMDB, criação da Fundação Estatal de Atenção em Saúde era temerária; na sexta, em nota, entidades sindicais alertaram para o risco de prisões de membros do governo, caso cometessem ilegalidades; retirada do projeto foi encaminhada pelo líder do governo Richa, deputado Ademar Traiano, que aproveitou as galerias cheias de servidores para anunciar antecipação do pagamento do 13!º salário para esta quarta (18).

Deputado Gilberto Martin, que é médico de profissão, nesta segunda, comemorou o recuou do governo Richa que retirou da pauta projeto que privatizava a saúde no estado; segundo o parlamentar do PMDB, criação da Fundação Estatal de Atenção em Saúde era temerária; na sexta, em nota, entidades sindicais alertaram para o risco de prisões de membros do governo, caso cometessem ilegalidades; retirada do projeto foi encaminhada pelo líder do governo Richa, deputado Ademar Traiano, que aproveitou as galerias cheias de servidores para anunciar antecipação do pagamento do 13!º salário para esta quarta (18).

O barulho ensurdecedor nas galerias da Assembleia Legislativa do Paraná, na tarde desta segunda (16), ajudou a pressionar o governo Beto Richa (PSDB) a recuar na votação do projeto que privatizava a saúde no estado. Já no início da sessão, o líder do governo, Ademar Traiano (PSDB), anunciou a retirada da mensagem que cria a Fundação Estatal de Atenção em Saúde do Estado do Paraná (FUNEAS-PARANà). ... 

Leia mais