28 de agosto de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Financiamento de campanha mostra que eleição é coisa para rico

Financiamento de campanha mostra que eleição é coisa para rico

A disputa eleitoral deste ano é mais desigual desde a redemocratização do país, pois a legislação eleitoral trata de maneira igual os desiguais nesta competição pelo poder. ... 

Leia mais

3 de setembro de 2015
por Esmael Morais
12 Comentários

Veja como votou cada senador na lei que proíbe doação privada às campanhas eleitorais

financiamento_serraO Blog do Esmael publica abaixo o relatório da votação nominal no Projeto de Lei da Câmara (PLC 75/2015), ocorrida ontem à noite, no Senado Federal, que põe fim ao financiamento de pessoa jurídica aos partidos políticos e campanhas eleitorais.

O senador Roberto Requião (PMDB-PR), relator do texto, afirmou que essa proibição significa um “adeus ao pixuleco” e uma espécie de cláusula de barreira na corrupção.

Pelo relatório de votação, fica evidente que o PSDB firmou convicção pelo financiamento privado — ou seja, queria manter tudo como está — onde as empreiteiras e bancos deitam e rolam.

Os senadores tucanos votaram em peso a favor do “financiamento” eleitoral por empresas, ou como é conhecida, a favor da corrupção legalizada.

Leia a íntegra do relatório do Senado Federal: Leia mais

2 de setembro de 2015
por Esmael Morais
30 Comentários

Adeus, Pixuleco: Senado derruba financiamento privado em campanhas

roberto_requiaoO senador Roberto Requião (PMDB-PR) informou ao Blog do Esmael, no início da noite desta quarta-feira (2), que o Senado derrubou o financiamento privado em campanhas eleitorais por 36 votos favoráveis a 31 contrários. ... 

Leia mais

20 de novembro de 2014
por Esmael Morais
49 Comentários

PSDB, DEM e PSB receberam R$ 160 milhões de empreiteiras da Lava Jato

psdb_lava_jato.jpgO diretório nacional do PT fez as contas: PSDB, DEM e PSB receberam, juntos, R$ 160,7 milhões de empreiteiras investigadas pela Operação Lava Jato. O Partido dos Trabalhadores afirma ainda que o valor não inclui doações efetuadas para o segundo turno, cujo prazo de prestação de contas ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) se encerra na próxima semana.

As doações contribuíram para eleger candidatos tucanos como os governadores Geraldo Alckmin (SP) e Beto Richa (PR) e os senadores José Serra (SP), àlvaro Dias (PR), Antônio Anastasia (MG).

Segundo os petistas, o clube! formado pelas empreiteiras acusadas de integrar o esquema de corrupção denunciado à  Justiça pelo ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa, no âmbito da operação Lava Jato da Polícia Federal, repassou R$ 160,7 milhões aos principais partidos de oposição ao governo federal no Congresso Nacional. Do total, R$ 129,34 milhões foram destinados ao PSDB, R$ 15,85 milhões ao DEM e R$ 15,57 milhões, ao PSB. Leia mais

15 de novembro de 2014
por Esmael Morais
9 Comentários

Requião acusa PSDB de “jogar contra” projeto que proíbe financiamento de empreiteira em campanha eleitoral

requiao_tucano.jpgO senador Roberto Requião (PMDB-PR), neste sábado (15), em tempos de Operação Lava Jato e prisões de mandachuvas das principais empreiteiras do país, pelo Twitter, acusou o PSDB de “engavetar” projeto que proíbe financiamento de campanha por pessoa jurídica: ... 

Leia mais

1 de agosto de 2014
por Esmael Morais
5 Comentários

Dinheiro não é problema: Arrecadação de Aécio já empata com a de Dilma

do Brasil 247
O PSDB já conta com entre R$ 10 milhões e R$ 12 milhões em doações para a campanha do presidenciável Aécio Neves (MG). Soma obtida em julho já equivale a mais do que o dobro da quantia levantada no mesmo período pelo ex-governador paulista José Serra, o candidato dos tucanos nas eleições presidenciais de 2010.

Dado indica que a campanha deste ano será mais equilibrada financeiramente. O PT deve indicar à  Justiça Eleitoral arrecadação entre R$ 9 milhões e R$ 10 milhões em doações.

Em 2010, a conta era de R$ 14,7 milhões para o PT e R$ 5,2 milhões para o PSDB, em valores atualizados.

Já o socialista Eduardo Campos, que aparece em terceiro nas pesquisas de intenções de voto, deve informar a conta de pelo menos R$ 7 milhões. Em 2010, quando sua atual vice Marina Silva concorreu pelo PV, seu comitê afirmara ter R$ 8,9 milhões no primeiro mês, em valores corrigidos.

Leia mais