15 de fevereiro de 2018
por Esmael Morais
1 Comentário

“Marina não está preparada para ser presidente”, afirma ex-colega de Senado

O ex-senador Osmar Dias (PDT) afirmou nesta quinta (15), em Curitiba, que Marina Silva (Rede) não está preparada para ser presidente da República. ... 

Leia mais

23 de março de 2015
por Esmael Morais
21 Comentários

Empresa ligada a primo “líder de quadrilha” doou R$ 100 mil para Beto Richa, diz Gazeta do Povo

richa_gazeta_abi.jpgO jornal Gazeta do Povo, edição desta segunda-feira (23), traz reportagem de Euclides Lucas Garcia que estabelece elo entre o governador Beto Richa (PSDB) e seu primo preso há uma semana, Luiz Abi Antoun, acusado pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) de liderar uma quadrilha dentro do governo do estado.

A reportagem mostra que a empresa ligada ao primo doou R$ 100 mil ao tucano na campanha pela reeleição em 2014.

Segundo o site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o dinheiro teria saído da Alumpar Alumínios — sediada em Londrina. A empresa, conforme registro na Junta Comercial do Paraná, pertence à GV Alumínios e à KLM Brasil. Esta última, com sede em Cambé, tem como sócios os dois filhos de Luiz Abi: Kouthar e Nemer Abi Antoun. De acordo com a certidão da KLM, Nemer é representado na sociedade pela mãe, Eloiza Fernandes Pinheiro Abi Antoun.

De acordo com a Gazeta, os documentos da Junta Comercial apontam ainda que o próprio Luiz Abi constava como sócio da empresa quando ela foi criada, em setembro de 1990. O empresário, porém, deixou a sociedade em maio de 2012.

Na eleição de 2008, à Prefeitura de Curitiba, Luiz Abi já havia doado R$ 2 mil ao primo Beto Richa. Portanto, a relação é bem mais antiga do que faz crer o governador do PSDB.

Luiz Abi Antoun é parente tão “distante” do governador tucano, que segundo os anais da Assembleia Legislativa do Paraná, foi nomeado para o gabinete de Richa em 1.º de fevereiro de 2001 – época em que Richa já era vice-prefeito de Cassio Taniguchi (DEM).

Abaixo, leia o organograma do esquema: Leia mais

3 de maio de 2014
por Esmael Morais
33 Comentários

Governo esconde voos de Richa; MP investiga farra aérea de tucano

Eduardo Cambi, coordenador do Movimento Paraná Sem Corrupção, ao Blog do Esmael, em novembro de 2013, havia informado que pretendia disciplinar o uso de aeronaves pelo governo do estado; segundo o promotor do Ministério Público, dados como viagens e deslocamentos !” inclusive do governador !” precisam estar disponíveis no Portal da Transparência; neste sábado, dia 3 de maio, o jornal Gazeta do Povo reclama que, mesmo sob a luz da Lei do Acesso à  Informação, há oito meses tenta obter dados dos

Eduardo Cambi, coordenador do Movimento Paraná Sem Corrupção, ao Blog do Esmael, em novembro de 2013, havia informado que pretendia disciplinar o uso de aeronaves pelo governo do estado; segundo o promotor do Ministério Público, dados como viagens e deslocamentos !” inclusive do governador !” precisam estar disponíveis no Portal da Transparência; neste sábado, dia 3 de maio, o jornal Gazeta do Povo reclama que, mesmo sob a luz da Lei do Acesso à  Informação, há oito meses tenta obter dados dos “voos secretos” do governador Beto Richa; jornal curitibano tem curiosidade sobre quantas vezes o tucano voou até Foz do Iguaçu.

Reportagem de Euclides Lucas Garcia, na edição deste sábado do jornal Gazeta do Povo, mostra que o Palácio Iguaçu se recusa a divulgar os dados dos voos já realizados pelo governador Beto Richa (PSDB) e custeados pelo poder público.  ... 

Leia mais