18 de novembro de 2013
por Esmael Morais
2 Comentários

Bachelet e Matthei se enfrentarão no 2!º turno da eleição presidencial chilena

da Opera MundiCom 96,46% das urnas apuradas, o Servel (Serviço Eleitoral) anunciou oficialmente neste domingo (17,11%) os resultados que levam matematicamente a eleição presidencial no Chile. A disputa ficará entre a ex-presidente Michelle Bachelet (Partido Socialista, centro-esquerda) e a governista Evelyn Matthei, da UDI (União Democrática Independente, direita).

Apesar de obter uma ampla vitória nesta primeira votação(com 46,73% dos votos até essa última parcial) a socialista Michelle Bachelet não conseguiu seu principal objetivo, vencer sem necessidade de segundo turno, ficando a 3,27 pontos percentuais de consegui-lo.

A conservadora Matthei, que representa a aliança do atual governo do presidente Sebastián Pià±era, está com 25,00% das preferências. O resultado final deste primeiro turno estaria muito próximo do primeiro turno da eleição de 2005, quando Bachelet venceu sua primeira eleição e terminou o primeiro turno com 47%, contra 25% de Sebastián Pià±era, que depois perderia no segundo turno.

Em seu discurso na sede eleitoral da coalizão Nova Maioria, Bachelet reconheceu o segundo turno e admitiu que seria muito difícil! passar agora. “Que não tentem ocultar a verdade desse resultado. Mesmo não sendo uma vitória no 1!º turno, foi uma ampla vitória, que mostra que os chilenos estão do lado das nossas ideias”. Para Bachelet, a vitória deste domingo representa o apoio a temas como educação gratuita, maior igualdade social e integração e uma reforma tributária que combata a desigualdade. Hoje os chilenos disseram que querem uma nova constituição!”, afirma em discurso a militantes, referindo-se à  proposta de convocar uma Assembleia Constituinte.

Já Matthei, sorridente, disse que o resultado mais uma vez contrariou as pesquisas de opinião. Ganhamos novamente das pesquisas, que fizeram um e Leia mais