17 de janeiro de 2018
por Esmael Morais
32 Comentários

URGENTE: Tribunal inocenta Lula no caso tríplex do Guarujá (SP)

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) emitiu “Alvará de Penhora” do famigerado tríplex de Guarujá (SP) que prova a inocência do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A informação é do jornalista Mino Pedrosa, do site Quidnovi. ... 

Leia mais

31 de maio de 2015
por Esmael Morais
30 Comentários

Em carta, grevistas de fome pedem intervenção federal no Paraná

Os senadores Gleisi Hoffmann (PT) e Roberto Requião (PMDB) deverão receber uma inusitada carta, nesta segunda-feira (1º), elaborada por três grevistas de fome que pedem a intervenção federal no Paraná.

Escrita de próprio punho, os professores Pierre Pinto, há sete dias em greve de fome, e Nilsa Barbosa da Paz, no quinto dia sem comer nada, denunciam descaso do governador Beto Richa (PSDB) com a educação e solicitam ajuda do Senado da República.

“O descaso total com a educação e com os servidores públicos do Estado do Paraná é tamanho que nós iniciamos uma greve de fome há uma semana. Outras medidas não parecem ser suficiente para sensibilizar o governador Beto Richa”, diz um trecho do documento que também segue assinado pela estudante Júlia Campos, da FAP/Unespar.

O Blog do Esmael visitou ontem à noite os grevistas de fome. Eles concederam uma entrevista especial (clique aqui para assistir ao vídeo), onde relataram os motivos da media extrema que tomaram e apelam aos senadores pela intervenção federal no Paraná.

“A greve de fome continuará até a saída do governador Beto Richa do governo”, prometem os três heróis da Praça 29 de Abril — a antiga Praça Nossa Senhora Salete, cenário do massacre autorizado pelo tucano.

No testamento, os grevistas colocam a responsabilidade de suas vidas nas mãos dos senadores Requião e Gleisi:

“Nossas vidas correm risco, o povo do Paraná clama pela ação de seus senadores. Não há amor maior do que dar a vida pelos outros. Não há missão mais importante do que cuidar das pessoas. Esperamos que os senhores senadores lembrem dessas três vidas e das milhares de crianças e adolescentes que estão há meses sem aula”, registram os três grevistas acampados a 50 metros do Palácio Iguaçu e em frente à Assembleia Legislativa.

E agora José?

Leia a íntegra da carta aos senadores:

Link alternativo para o documento.

http://www.esmaelmorais.com.br/wp-content/uploads/2015/05/carta_senadores.pdf

Leia mais

6 de março de 2015
por Esmael Morais
176 Comentários

Educadores podem encerrar greve na segunda-feira, informa líder do PMDB

O deputado Nereu Moura, líder do PMDB na Assembleia, saiu animado de uma audiência de conciliação, nesta sexta-feira (6), entre o Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR), governo do estado e APP-Sindicato.

De acordo com o parlamentar, foi elaborado documento sintetizando “acordo” entre as partes [governo e APP] que será apreciado na próxima segunda-feira, dia 9, à s 8h30, em Curitiba, durante assembleia geral dos educadores na Vila Capanema (estádio do Paraná Clube).

Agora a última palavra está nas mãos da assembleia dos professores que irá acontecer segunda-feira que vem!, disse o deputado.

A audiência contou com a participação, além de Nereu Moura, do comando da greve da APP e representando o governo, o deputado Luiz Cláudio Romanelli (PMDB), o secretário de Educação, Fernando Xavier, e o chefe da Casa Civil, Eduardo Sciarra.

Apesar do otimismo do líder do PMDB, a APP-Sindicato segue afirmando que a greve continua!. A entidade representativa dos professores e funcionários de escolas confirma que somente a assembleia geral da categoria pode pôr fim ou continuar a greve que hoje completou 26 dias.

Ao longo desta sexta, a APP-Sindicato publicou várias “pílulas” nas redes sociais informando as conquistas da categoria durante o movimento paredista e sinalizando que o fim da paralisação está próximo: “Decreto garante nomeação de 1015 pedagogos”; “PDE: Resolução da SEED estabelece nova turma para 2o semestre”; Fundo Rotativo: Governo deposita R$ 8 milhões referente atrasados de 2014″; e “Desistência da fusão da Previdência e do Pacotaço”.

Leia a íntegra do documento oficial firmado entre governo do estado e APP-Sindicato:

COMPROMISSOS DO PARANà COM A EDUCAà‡àƒO PÚBLICA

Considerando a reunião havida entre o Governo do Estado, presentes o Secretário Chefe da Casa Civil, Eduardo Francisco Sciarra, o Secretário de Estado da Educação, Fernando Xavier Ferreira, o Líder do Governo na Assembleia Legislativa, Deputado Luiz Claudio Romanelli, os Deputados Nereu Moura e Professor Lemos e pelo Comando de Greve da APP-Sindicato, Hermes Silva Leão, Walkíria Olegário Mazetto, Celso José dos Santos, Luiz Carlos Paixão da Rocha e Rodrigo Tomazini, Nasser Ahmad Allan, com mediação do Desembargador Luiz Mateus de Lima, no dia 06 de março de 2015, no Tribunal de Justiça do Paraná, apresentam-se os compromissos assumidos pelas partes com vistas à  solução do conflito coletivo:

1 – PROJETOS DE LEI – O Governo comprometeu-se a não apresentar qualquer projeto de lei que suprima direitos dos servidores públicos e, em particular, dos educadores. Os projetos que estavam tramitando na Assembleia Legislativa foram retirados no dia 12 de fevereiro.

2 – PARANà PREVIDàŠNCIA – Permanece como está. Durante este mês de março, o Governo promoverá um amplo debate, com a participação do Fórum de Servidores Públicos, da APP-Sindicato e do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social. Após esgotado o processo de análise, inclusive com a participação do representantes dos poderes Judiciário, Legislativo, Tribunal de Contas e do Mi Leia mais

17 de agosto de 2014
por Esmael Morais
44 Comentários

Richa divulga proposta para a educação: ‘Veja com a Vanda’

“Veja com a Vanda” tem tudo para ser o novo bordão de campanha do governador Beto Richa (PSDB). Educadores encaminharam ao Blog do Esmael análise crítica das propostas do tucano para a área caso seja reeleito em outubro. O documento do candidato do PSDB foi publicado pelo jornal Gazeta do Povo, na edição do dia 10 de agosto, onde eles destacam entre parênteses a informação “ver com a Vanda quais são os números”.

Afinal, quem é Vanda? Trata-se de Vanda Dolci Garcia, diretora de Informação e Planejamento da Superintendência de Desenvolvimento Educacional (SUDE) — a antiga Fundepar. Ela é a responsável pelo censo escolar.

Para os educadores, o governador Beto Richa encaminhou um documento para o jornal Gazeta do Povo sem ler ou revisar. Sem compromisso nenhum, da mesma forma como o governo trata a educação do Paraná!, criticam.

Na próxima terça-feira, dia 19, no primeiro debate entre os candidatos ao Palácio Iguaçu, promovido pela APP-Sindicato, será inevitável a pergunta: “cadê a Vanda?” ou “veja com a Vanda”.

A seguir, leia a íntegra do documento produzido por professores e pedagogos a pedido do Blog do Esmael:

http://www.esmaelmorais.com.br/wp-content/uploads/2014/08/richa_vanda_educacao.pdf

Leia mais