11 de agosto de 2014
por Esmael Morais
37 Comentários

Requião: O Paraná está absolutamente sem governo!

via Jornal Metro

Roberto Requião já governou o Paraná por três vezes. Aos 73 anos, quer tentar se eleger novamente para o cargo. Vencedor de uma batalha interna no PMDB, ele diz que o racha com os deputados do seu partido acabou levantando a militância no Estado inteiro e que sua campanha ganhou com isso. Ele acusa o atual governador, Beto Richa, de má gestão e avisa que quer voltar para pôr o Estado em ordem!. Confira a seguir a íntegra da entrevista.

Por que o eleitor deve votar no senhor? Eu mesmo não responderia a essa pergunta há um tempo. Mas eu entrei nessa eleição por que fiz um governo no Paraná com 300 programas. Eu não peguei um tostão emprestado do governo federal. Toquei duas hidrelétricas. Construí 44 hospitais e 250 clínicas da mulher e da criança. Coloquei televisores e internet nas salas de aula de todas as escolas estaduais. Reduzi o imposto dos micro e pequenos empresários. Reduzi imposto, na época da crise de 2008 e 2009, de mais de 100 mil itens de mercadoria. Um governo que equipou a polícia, com 10 mil homens na Polícia Civil, Militar e o pessoal de estrutura, 17 mil armas novas, 6,4 mil veículos. Sem pedir dinheiro emprestado, sem falar mal da Dilma, sem fazer malcriação com a Gleisi. E, de repente, no Senado, eu vejo que o Paraná estava simplesmente liquidado, endividado, quebrado. Achei que minha responsabilidade com o Estado era mais importante que um mandato que ainda tem quatro anos e meio. Abro mão deste conforto para pôr o Estado em ordem.

O nome Leia mais

15 de julho de 2014
por Esmael Morais
15 Comentários

Setores do PT, PDT e PCdoB organizam comitê suprapartidário Dilma-Requião

Militantes e dirigentes do PT, PDT e PCdoB planejam lançar comitê suprapartidário Dilma-Requião no mês de agosto; senador peemedebista disse que não tem como proibir o recebimento de apoios, bem como Dilma não tem como recusá-los em um estado tradicionalmente hostil ao PT; candidatura da senadora Gleisi Hoffmann patina porque apostou equivocadamente que a coalização com partidos do espectro governista se daria naturalmente "por cima"; coligação liderada pela petista pode estar repetindo erro ocorrido nas eleições de 2012 em Curitiba, cujas feridas da batalha interna no partido ainda continuam abertas.

Militantes e dirigentes do PT, PDT e PCdoB planejam lançar comitê suprapartidário Dilma-Requião no mês de agosto; senador peemedebista disse que não tem como proibir o recebimento de apoios, bem como Dilma não tem como recusá-los em um estado tradicionalmente hostil ao PT; candidatura da senadora Gleisi Hoffmann patina porque apostou equivocadamente que a coalização com partidos do espectro governista se daria naturalmente “por cima”; coligação liderada pela petista pode estar repetindo erro ocorrido nas eleições de 2012 em Curitiba, cujas feridas da batalha interna no partido ainda continuam abertas.

O senador Roberto Requião (PMDB), candidato ao governo do Paraná, e a presidenta Dilma Rousseff (PT), que concorre à  reeleição, deverão ganhar no início de agosto um comitê suprapartidário organizado por militantes e dirigentes do PT, PDT e PCdoB. ... 

Leia mais

Esmael Morais 2009-2018. O Blog do Esmael é liberto das excludentes convenções mercantis Copyright ©. O site não cobra pelos direitos autorais, portanto, pode e deve ser reproduzido no todo ou em parte, além de ser liberado para distribuição desde que preservado seu conteúdo e o nome do autor. | A política como ela é em tempo real.

Topo