9 de março de 2019
por Esmael Morais
Comentários desativados em ‘Coletes amarelos’ protestam contra Macron no 17º fim de semana consecutivo

‘Coletes amarelos’ protestam contra Macron no 17º fim de semana consecutivo


Os “coletes amarelos” realizaram nova jornada de manifestações em toda França neste sábado (9) contra as políticas de retirada de direitos sociais conduzidas pelo presidente Emmanuel Macron, realizando ato na base da Torre Eiffel, junto com os das mulheres, no 17º fim de semana de protestos. ... 

Leia mais

24 de fevereiro de 2019
por Esmael Morais
Comentários desativados em Coletes amarelos protestam pela 15ª semana consecutiva contra Macron

Coletes amarelos protestam pela 15ª semana consecutiva contra Macron


O movimento dos “Colete Amarelos” retornaram novamente às ruas da França neste sábado (23), foi a 15ª jornada consecutiva de protestos populares contra a política antissocial e de ajuste fiscal do presidente Emmanuel Macron. ... 

Leia mais

2 de fevereiro de 2019
por Esmael Morais
Comentários desativados em ‘Coletes amarelos’ voltam às ruas da França em 12° fim de semana consecutivo

‘Coletes amarelos’ voltam às ruas da França em 12° fim de semana consecutivo

Coletes amarelos em Paris no 12° fim de semana consecutivo

Os ‘coletes amarelos’ tomaram novamente as ruas da França neste sábado (2) para manter a jornada de pressão sobre o governo do presidente francês, Emmanuel Macron, pelo 12º fim de semana consecutivo. ... 

Leia mais

29 de dezembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Em Paris, ‘coletes amarelos’ prometem uma “revolução permanente” para 2019

Em Paris, ‘coletes amarelos’ prometem uma “revolução permanente” para 2019

Milhares de “coletes amarelos” voltaram a ocupar  as ruas de diversas cidades da França neste sábado (29), na sétima jornada consecutiva de protesto, contra a política de desmonte social e de retirada de direitos do presidente Emmanuel Macron. Concentrações ocorreram em Paris, Marselha, Nantes, Bordeaux e Roen.

Durante os protestos predominaram a palavras de ordem exigindo a demissão do presidente Macron, o fim das políticas de ajuste fiscal e de desmonte da rede de proteção social.

O movimento iniciado em meados do mês de novembro promete uma forte mobilização para janeiro. “Todos devem entender que não vamos parar”, assegurou à AFP Thierry, de 51 anos, um mecânico que denuncia uma divisão muito desigual da riqueza na França.

“Queremos recuperar poder adquisitivo e que nossa palavra conte na tomada de decisões”, assegurou Priscillia Ludosky, uma das figuras conhecidas do movimento após impulsionar uma bem-sucedida petição contra o aumento do preço do combustível.

Alguns “coletes amarelos” também planejaram se manifestar na véspera do Ano Novo, durante a qual são esperadas várias concentrações de manifestantes na Champs-Élysées.

Os “coletes amarelos” são organizados de forma horizontal e realizam assembleias públicas para decidir sobre os rumos do movimento, que surpreendeu o establishment político francês, os partidos de esquerda e o movimento sindical.

Os coletes amarelos prometem uma jornada permanente de mobilizações até a derrubada do presidente Emmanuel Macron e de suas políticas para 2019.

*Com informações de Agências

Leia mais