17 de fevereiro de 2014
por Esmael Morais
15 Comentários

Imprensa estrangeira já tira Curitiba da Copa do Mundo

do Brasil 247
Na semana passada, Joseph Blatter, presidente da Fifa, reafirmou aposta no governo brasileiro quanto a segurança e entrega de todas os estádios previstos no projeto da Copa de 2014.

O presidente da instituição demonstrou otimismo até mesmo com a Arena da Baixada, em Curitiba, que recebeu ultimado por seu atraso. O governo do Paraná solicitou mais um pedido de financiamento junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), no valor de R$ 250 milhões, para concluir as obras a tempo do evento.

No entanto, a imprensa internacional já descarta a passagem do Mundial pela cidade paranaense. Pelo Twitter, o locutor Mauricio Cárdenas, da Fox Sports dos Estados Unidos, diz ter recebido a informação que Curitiba será excluída do evento. Ele critica fortemente a realização da Copa no Brasil, que chama de desastre mundial!. A possibilidade também foi repercutida pelo El Pais”, da Espanha, e “L’Equipe”, da França.

A Fifa respondeu também pela rede social que a decisão será anunciada nesta terça-feira após relatório técnico e não baseado em especulações!.

Ainda que Curitiba esteja no centro das atenções, ainda há incertezas em relação ao Itaquerão, ainda não entregue, e ao estádio do Pantanal.

O Ministro do Esporte, Aldo Rebelo, garantiu que obras da Arena Corinthians, onde ocorrerá a cerimônia de abertura, já estão normalizadas depois do acidente que deixou dois operários mortos no ano passado. O Corinthians tem até de 15 de abril para completar a construção, e terá de realizar testes para provar que pode receber o evento.

Já o estádio de Cuiabá pode esconder um problema ainda maior. Relatório de 18 páginas elaborado por promotor público de Mato Grosso, obtido pela agência Reuters, diz que o incêndio que atingiu parte do estádio em outubro comprometeu sua estrutura: “concreto foi completamente desfragmentado”.

Leia mais

14 de fevereiro de 2014
por Esmael Morais
32 Comentários

Segundo a velha mídia, Curitiba #NãoVaiTerCopa

Velha mídia aposta que Curitiba ficará de fora da Copa do Mundo; ontem, Tribunal de Contas recomendou suspensão de repasse de recursos públicos à  CAP/S.A., empresa privada que gerencia as obras na Arena da Baixada, por falta de prestação de contas; quando a capital paranaense fora escolhida como subsede do campeonato, Mario Celso Petraglia, presidente do Atlético, jurava que não botaria a mão em nenhum "tostão" público; hoje, conclusão da Arena depende de mais R$ 65 milhões do BNDES e custo total já bate na casa de R$ 330 milhões; diante de tanta trapalhada e contradições, segure a velha mídia, para quê black blocs e sua palavra de ordem #NãoVaiTerCopa?; assista ao vídeo.

Velha mídia aposta que Curitiba ficará de fora da Copa do Mundo; ontem, Tribunal de Contas recomendou suspensão de repasse de recursos públicos à  CAP/S.A., empresa privada que gerencia as obras na Arena da Baixada, por falta de prestação de contas; quando a capital paranaense fora escolhida como subsede do campeonato, Mario Celso Petraglia, presidente do Atlético, jurava que não botaria a mão em nenhum “tostão” público; hoje, conclusão da Arena depende de mais R$ 65 milhões do BNDES e custo total já bate na casa de R$ 330 milhões; diante de tanta trapalhada e contradições, segure a velha mídia, para quê black blocs e sua palavra de ordem #NãoVaiTerCopa?; assista ao vídeo.

Não é por causa de protestos violentos dos black blocs, que foram transformados em gatinhos inofensivos pela atenta torcida fanáticos do Clube Atlético Paranaense. A velha mídia nacional e local dá já dão Curitiba como fora da Copa do Mundo em virtude de impasse sobre o empréstimo de R$ 65 milhões para a conclusão da Arena da Baixada. ... 

Leia mais