Cristo Redentor recebe projeção da bandeira do Líbano em homenagem às vítimas da explosão em Beirute

O Cristo Redentor, um dos monumentos mais famosos do mundo, recebeu na noite desta quinta-feira (6) a projeção da bandeira do Líbano em homenagem às vítimas da explosão de terça-feira (4) na Zona Portuária de Beirute, que já deixou mais de 130 mortos e 5 mil feridos. O reitor do Santuário Cristo Redentor, Padre Omar, … Read more

Cristo Redentor de ‘jaleco branco’ em homenagem aos profissionais da Saúde

O Cristor Redentor, o símbolo da cidade do Rio de Janeiro, “vestiu” um jaleco branco em homenagem aos profissionais da Saúde neste domingo de Páscoa. Projeções serão feitas a partir desta noite com mensagens de apoio e com imagens das bandeiras dos países atingidos pela pandemia do coronavírus. As projeções vão homenagear todos os trabalhadores … Read more

Netanyahu é vaiado e desiste de visita ao Cristo Redentor

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, teve frustrada a visita que faria ao Cristo Redentor neste domingo (30), no Rio de Janeiro. A chegada do chefe de governo israelense provocou uma extensa fila de turistas que aguardavam transporte para sair da área de embarque e desembarque do monumento. Irritados, vaias e apupos foram dirigidas à comitiva … Read more

Economist ataca Brasil na hora de nova decolagem

do Brasil 247

Revista inglesa aposta no desastre brasileiro no exato momento em que economia do País está voltando a crescer; capa que irá circular esta semana mostra Cristo Redentor em looping desastrado !“ "O Brasil estragou tudo?"; fatos econômicos, porém, mostram convergência de indicadores para cima, como PIB maior, menos inflação e regime de pleno emprego; The Economist, na verdade, mostra que tem duas caras; em seminário que promove em São Paulo a US$ 1,7 mil por adesão, revista pinta cenário em que País é apresentado como "uma das maiores histórias de sucesso da última década" (centro); em 2011, cravou que Brasil estava "decolando"; agora, em 14 páginas, vai jogar na desconstrução; Freud poderia explicar essa esquizofrênica dupla identidade?; ou falar mal do Brasil para os leitores e bem para os patrocinadores é apenas uma estratégia de marketing dirigida e irresponsável?
Revista inglesa aposta no desastre brasileiro no exato momento em que economia do País está voltando a crescer; capa que irá circular esta semana mostra Cristo Redentor em looping desastrado !“ “O Brasil estragou tudo?”; fatos econômicos, porém, mostram convergência de indicadores para cima, como PIB maior, menos inflação e regime de pleno emprego; The Economist, na verdade, mostra que tem duas caras; em seminário que promove em São Paulo a US$ 1,7 mil por adesão, revista pinta cenário em que País é apresentado como “uma das maiores histórias de sucesso da última década” (centro); em 2011, cravou que Brasil estava “decolando”; agora, em 14 páginas, vai jogar na desconstrução; Freud poderia explicar essa esquizofrênica dupla identidade?; ou falar mal do Brasil para os leitores e bem para os patrocinadores é apenas uma estratégia de marketing dirigida e irresponsável?
No momento em que os principais indicadores da economia brasileira convergem para uma retomada do crescimento !“ alta de 20% nas projeções da CNI para o PIB, inflação estimada em 4,8% ao final do ano e, especialmente, índice de 5,3% de desemprego, o que tecnicamente mantém o Brasil no regime de pleno emprego -, a revista inglesa The Economist faz nova aposta na derrocada do modelo de desenvolvimento do País. Em outras palavras, quando a economia brasileira dá todas as mostras de superação da crise global, a publicação resgata sua irônica ladainha do retrocesso. O Brasil indo, a Economist voltando.

Usando, mais uma vez, a imagem do Cristo Redendor para representar o País, a mesma publicação que colocou o famoso monumento decolando como um foguete do morro do Corcovado, em 2011, agora completa sua obra, jogando de volta, num looping desastrado, o mesmo Cristo a poucos metros de espatifar-se em seu magnífico pedestal na natureza.

Read more