25 de abril de 2014
por Esmael Morais
9 Comentários

Coronel que admitiu torturas na ditadura é assassinado no Rio; assista

da Agência Brasil, via 247

Coronel reformado do Exército, Paulo Malhães, de 76 anos, foi encontrado morto nesta manhã em seu sítio na zona rural de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense; segundo a polícia, três homens invadiram a casa, amarraram a mulher e o caseiro, e procuraram armas; durante a ação, o militar foi morto; em depoimento à  Comissão Nacional da Verdade no mês passado, Malhães admitiu ter torturado, matado e ocultado cadáveres durante a ditadura militar; assista ao vídeo.

Coronel reformado do Exército, Paulo Malhães, de 76 anos, foi encontrado morto nesta manhã em seu sítio na zona rural de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense; segundo a polícia, três homens invadiram a casa, amarraram a mulher e o caseiro, e procuraram armas; durante a ação, o militar foi morto; em depoimento à  Comissão Nacional da Verdade no mês passado, Malhães admitiu ter torturado, matado e ocultado cadáveres durante a ditadura militar; assista ao vídeo.

O coronel reformado do Exército, Paulo Malhães, de 76 anos, foi encontrado morto hoje pela manhã (25) em seu sítio na zona rural de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. De acordo com a polícia, três homens invadiram a casa, amarraram a mulher e o caseiro, e procuraram armas. Durante a ação dos criminosos, o militar foi morto. O corpo do coronel Malhães está no Instituto Médico-Legal de Nova Iguaçu, onde será determinada a causa da morte. ... 

Leia mais