11 de julho de 2014
por esmael
20 Comentários

Maradona elogia Copa do Mundo: Brasil ganhou como país!

via Brasil 247

Celebridade esportiva mais controvertida do mundo, sem rivais nas escolhas políticas, dramas pessoais e capacidade de criar casos, o ex-jogador Diego Maradona é o torcedor número 1 da Argentina no Brasil. Ele está saboreando a ida da seleção de seu país, após 24 anos, a uma final de Copa do Mundo, além de estar se divertindo com a derrota da Seleção Brasileira, por 7 a 1, frente a da Alemanha. Estaria, em tese, numa situação para tripudiar do Brasil, mas sua opinião sobre o Mundial no País é bem diferente: – O Brasil perdeu em campo, mas ganhou como país, resumiu ele, na quinta-feira 10, no programa De Zurda (de esquerda), que faz para a emissora!  Telesur, da Venezuela.

Maradona indicou que a campanha de descrédito da capacidade de o Brasil organizar o Mundial, iniciada internamente, nas páginas da mídia tradicional, o deixou assustado, assim como a outros turistas: – O que se pintava é que seria um caos. Parecia que teríamos de comprar uma arma ao desembarcar por aqui, comparou. “Mas não foi nada disso”.

O ex-jogador circulou por diferentes cidades, sendo visto em jogos da Seleção da Argentina e de outras equipes. Ele não deixou de ser vaiado, algumas vezes, pelo público, em ofensas que faziam referência à  sua dependência química, enfrentada com um forte tratamento em Cuba. Por outro lado, foi saudado pelo cânticos de “Maradona é melhor que Pelé” entoados por milhares de argentinos que tomaram o País para acompanhar sua Seleção. Certamente a maior torcida estrangeira presente na Copa, os argentinos realizaram uma ‘invasão’ alegre e pacífica, premiada com a disputa da final da Copa.

Pelé, por outro lado, saiu da cena da Copa desde a terça-feira 8. Aquele deve ter sido talvez o dia mais triste da vida do “rei do futebol”. Naquela manhã, Edinho, seu filho, foi preso, em Santos, condenado a 33 anos de reclusão por lavagem de dinheiro e associação ao tráfico de drogas. à€ tarde, a equipe nacional sofreu a maior derrota de toda a sua história. O rei vinha acompanhando pessoalmente todos os jogos do Brasil no Mundial, mas agora está recolhido. Ele precisará ser forte para superar a tragédia familiar.

Leia mais

18 de junho de 2014
por esmael
10 Comentários

Paulo Rossi: Copa do Mundo, nada justifica atos de vandalismo!

Artigo de Paulo Rossi*

Apesar de não ter sido entrevistado por algum desses vários institutos de pesquisas, faço parte da maioria dos brasileiros que foram contra a realização da Copa do Mundo de Futebol no Brasil, e, por consequência, dos gastos exorbitantes, superfaturados ou não, que infelizmente os contribuintes terão que arcar com a conta.

Mas como cidadão não posso concordar com os atos de vandalismo praticados durante os jogos. Em Curitiba, cidade que escolhi para viver e trabalhar, estudantes(??) da respeitada Universidade Federal do Paraná, travestidos de “black blocs”, simplesmente resolveram promover depredações, destruindo lojas, agências bancárias e pichando ônibus, que transportam quem realmente estuda e trabalha, provavelmente muitos pais e mães desses pseudo estudantes!.

Me pergunto: O que esperar no futuro de um aluno que promove tais atitudes? Com essa formação como se comportará um provável juiz, um médico ou outro profissional? Será que respeitará os princípios éticos da profissão que escolheu?

A democracia plena requer respeito à s pessoas e à s instituições. Será que esses baderneiros não sabem que quem vai pagar a conta, por exemplo, de um banco destruído, serão os próprios correntistas, pois nas várias taxas cobradas, já estão previstos tais prejuízos??

Será que não sabem que, ao depredar um ônibus de transporte coletivo, quem pagará a conta é o próprio contribuinte, pois as empresas apresentarão ao município tais prejuízos nas planilhas do preço da passagem?

Por quê, quando o Brasil apresentou sua candidatura para sediar o mundial 2014, esses movimentos não se manifestaram contra os jogos? Será porque o então presidente Lula recebia boa parte desses baderneiros para convescotes e ninguém queria ser contra o Rei?

Leia mais

20 de dezembro de 2013
por esmael
19 Comentários

Metade dos brasileiros é contra protestos nos jogos da Copa, diz pesquisa

Diretor da Paraná Pesquisas, Murilo Hidalgo, vê diminuição de apoio a protestos contra a Copa no Brasil; movimento de junho passado perde força, segundo sondagem nacional do instituto; metade dos brasileiros não está nem aí com manifestações.

Diretor da Paraná Pesquisas, Murilo Hidalgo, vê diminuição de apoio a protestos contra a Copa no Brasil; movimento de junho passado perde força, segundo sondagem nacional do instituto; metade dos brasileiros não está nem aí com manifestações.

Sondagem nacional realizada pela Paraná Pesquisas aponta que 47,6% dos brasileiros apoiariam protestos durante os jogos da Copa do Mundo. Praticamente o mesmo índice, 47,27%, não apoiariam manifestações no período da competição mundial. ... 

Leia mais

2 de novembro de 2013
por esmael
37 Comentários

Coluna do Ricardo Gomyde: “Copa do Mundo vai gerar 3,6 milhões de empregos e movimentar R$ 189 bilhões”

Ricardo Gomyde, em sua coluna inaugural, garante que Arena da Baixada será inaugurada em dezembro; diretor de Futebol do Ministério do Esporte e da Comissão Organizadora da Copa, ele afirma que competição vai gerar 3,6 milhões de empregos e movimentar R$ 189 bilhões até 2019; segundo o colunista, Fifa disponibilizará, gratuitamente, 50 mil ingressos para a população indígena e a beneficiários do Programa Bolsa Família; Os jogos passarão, mas as melhorias de infraestrutura e mobilidade urbana ficarão!, crava Gomyde; leia o texto.

Ricardo Gomyde, em sua coluna inaugural, garante que Arena da Baixada será inaugurada em dezembro; diretor de Futebol do Ministério do Esporte e da Comissão Organizadora da Copa, ele afirma que competição vai gerar 3,6 milhões de empregos e movimentar R$ 189 bilhões até 2019; segundo o colunista, Fifa disponibilizará, gratuitamente, 50 mil ingressos para a população indígena e a beneficiários do Programa Bolsa Família; Os jogos passarão, mas as melhorias de infraestrutura e mobilidade urbana ficarão!, crava Gomyde; leia o texto.

por Ricardo Gomyde* ... 

Leia mais

1 de novembro de 2013
por esmael
3 Comentários

Gomyde, o esportista, inicia amanhã coluna sobre Copa do Mundo

Ricardo Gomyde vai escrever aos sábados, a partir de amanhã (2), tudo sobre os preparativos da Copa do Mundo no Brasil em 2014; leitor terá informações exclusivas sobre os bastidores da maior competição do planeta; especialista em política de inclusão social, colunista é diretor do Futebol do Ministério do Esporte, braço direito do ministro Aldo Rebelo.

Ricardo Gomyde vai escrever aos sábados, a partir de amanhã (2), tudo sobre os preparativos da Copa do Mundo no Brasil em 2014; leitor terá informações exclusivas sobre os bastidores da maior competição do planeta; especialista em política de inclusão social, colunista é diretor do Futebol do Ministério do Esporte, braço direito do ministro Aldo Rebelo.

O esportista Ricardo Gomyde, diretor de Futebol do Ministério do Esporte, estreia neste sábado (2) coluna semanal Copa do Mundo! no Blog do Esmael. Ele vai escrever todos os sábado neste espaço sobre a realização do vigésimo campeonato mundial que acontecerá no Brasil em 2014. ... 

Leia mais