16 de março de 2018
por Eugênio Aragão
Comentários desativados em APP vai ao STF contra Beto Richa e o corte no salário dos professores

APP vai ao STF contra Beto Richa e o corte no salário dos professores


A APP Sindicato foi ao Supremo Tribunal Federal (STF) tentar reverter o corte no salário dos professores do Paraná. Foi protocolada uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) contra o calote de 13,29% que o governador Beto Richa (PSDB) aplicou nos professores admitidos por processo seletivo simplificado (PSS). Enquanto o Paraná diminui os salários, Flávio Dino (PCdoB) do Maranhão dá exemplo e sobe o vencimento dos educadores para R$ 5.750,00. ... 

Leia mais

16 de março de 2016
por admin
12 Comentários

Educadores marcham sobre Richa nesta quinta durante greve nacional; Blog do Esmael transmite ao vivo

Os educadores da rede pública estadual de ensino deverão paralisar as atividades nesta quinta-feira, dia 17 de março, em todo o Paraná. Em Curitiba, a concentração será na Praça Santos Andrade, a partir das 9 horas. O Blog do Esmael, em parceria com a TV 15, vai transmitir a marcha ao vivo para o Brasil e o mundo. Os profissionais da educação deverão seguir em passeata até o Centro Cívico, onde está prevista uma reunião às 11 horas com o novo secretário da Casa Civil, Valdir Rossoni, para discutir as demandas da categoria.

A manifestação de amanhã cedo será comandado no estado pela APP-Sindicato, que aderiu à paralisação nacional. O movimento encabeçado pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) visa defender a educação pública e gratuita, contra a terceirização, a militarização e em defesa do piso nacional para os professores.

São três dias de mobilização nacional que iniciou ontem (15). No primeiro dia segundo a CNTE, 39 sindicatos realizaram atividades para exigir o cumprimento da lei do Piso e se mobilizaram, contra a terceirização, a entrega das escolas às Organizações Sociais (OSs), o parcelamento de salários, a militarização de escolas públicas e a reorganização das escolas, e também contra a tentativa de golpe contra a Leia mais

22 de julho de 2015
por Esmael Morais
21 Comentários

Sindicatos protocolam Ação no STF contra confisco de Beto Richa na previdência dos servidores

adinEntidades sindicais ligadas à educação e servidores protocolaram nesta terça-feira (21), em Brasília, uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADIn) no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o confisco do fundo da previdência dos servidores públicos estaduais promovida pelo governador Beto Richa (PSDB) e aprovada pela bancada governista na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep).

A Ação é patrocinada pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) e assinada por 8 sindicatos de servidores estaduais: APP-Sindicato, Sindijus/PR, Sindiprol/Aduel, Sindisaude, Sinteemar, Sinteoeste, Sintestpo e Sindiseab; e tem por objetivo que seja declarada a inconstitucionalidade da Lei 18469 de 30 de Abril de 2015, que possibilitou o confisco da previdência dos servidores pelo governador Beto Richa (PSDB).

A lei estadual foi motivo de forte mobilização dos servidores, com várias categorias fazendo greve, tentando barrar o confisco. Para garantir a votação da proposta na Assembleia, o governo do estado lançou mão de força desproporcional contra professores e servidores, no evento que ficou conhecido como o “Massacre do Centro Cívico” em que cerca de 250 servidores ficaram feridos por balas de borracha, cassetetes e bombas lançadas pela Polícia Militar. Leia mais