28 de abril de 2016
por esmael
3 Comentários

“Não era merda”, jura deputado do camburão

Um deputado que estava no camburão naquele fatídico dia 12 de fevereiro, vésperas do massacre que amanhã completará um ano, jurou que a “freada” no papel higiênico enviado numa carta “não era merda”.

“Eu experimentei [eca!]. Não era merda, com certeza, era chocolate da Nescau”, jurou o parlamentar que por questões óbvias não quis se identificar.

No início desta semana, os 31 deputados que compõem a “bancada do camburão” na Assembleia Legislativa do Paraná receberam uma carta recheada de fezes.

IMG_9133 Leia mais