12 de Março de 2014
por esmael
44 Comentários

Professores convocam greve para dia 19 contra Beto Richa

Greve dos 70 mil professores paranaenses, na próxima quarta-feira (19), é o grande teste político para o governo Beto Richa; categoria cobra cumprimento da Lei Nacional do Piso, que prevê 33% de hora-atividade, melhoria no atendimento da saúde dos servidores, contra o fechamento de salas de aula no estado e reivindica R$ 100 milhões devidos pelo governo tucano aos educadores; magistério pode decretar greve por tempo indeterminado a partir de 29 de março, quando a categoria se reúne novamente para avaliar as mobilizações em defesa de seus direitos surrupiados pelo governo tucano.

Greve dos 70 mil professores paranaenses, na próxima quarta-feira (19), é o grande teste político para o governo Beto Richa; categoria cobra cumprimento da Lei Nacional do Piso, que prevê 33% de hora-atividade, melhoria no atendimento da saúde dos servidores, contra o fechamento de salas de aula no estado e reivindica R$ 100 milhões devidos pelo governo tucano aos educadores; magistério pode decretar greve por tempo indeterminado a partir de 29 de março, quando a categoria se reúne novamente para avaliar as mobilizações em defesa de seus direitos surrupiados pelo governo tucano.

O governador Beto Richa (PSDB) vai enfrentar a primeira greve geral, no próximo dia 19 de março, dos cerca de 70 mil professores que atuam nas 2,1 mil escolas da rede pública do Paraná. Leia mais