22 de outubro de 2014
por esmael
36 Comentários

Duas semanas depois de reeleito, governador do PSDB enfrenta protesto de professores no PR; assista

O governador Beto Richa (PSDB) trocou as bolas! ao prometer em recente entrevista que “o melhor estaria por vir” com a sua reeleição em 5 de outubro. Esta é a opinião de professores da Unioeste, de Cascavel, que foram à s ruas ontem (21), duas semanas depois de confirmados mais 4 anos para o tucano. Leia mais

16 de setembro de 2013
por esmael
71 Comentários

Professores paranaenses convocam greve contra calote de Beto Richa

APP-Sindicato convoca assembleia, no próximo dia 28, que poderá deflagrar greve por tempo indeterminado na educação do Paraná; Richa e Arns deram calote de R$ 50 milhões nos educadores; ao estilo do Velho Oeste norte-americano, professores e funcionários das 2,1 mil escolas do estado espalham nas redes sociais cartazes com a foto do governador com a inscrição: Procura-se!; vem aí nova temporada de protestos contra o tucanato; Palácio Iguaçu se apega à  Resolução Conjunta 02/2013, de 2 de setembro, para justificar o tombo que deu no magistério paranaense; acordo foi fechado dia 30 de agosto, data que antes era lembrada pela truculência física contra professores e funcionários das escolas da rede pública, agora se transformou no Dia do Calote.

APP-Sindicato convoca assembleia, no próximo dia 28, que poderá deflagrar greve por tempo indeterminado na educação do Paraná; Richa e Arns deram calote de R$ 50 milhões nos educadores; ao estilo do Velho Oeste norte-americano, professores e funcionários das 2,1 mil escolas do estado espalham nas redes sociais cartazes com a foto do governador com a inscrição: Procura-se!; vem aí nova temporada de protestos contra o tucanato; Palácio Iguaçu se apega à  Resolução Conjunta 02/2013, de 2 de setembro, para justificar o tombo que deu no magistério paranaense; acordo foi fechado dia 30 de agosto, data que antes era lembrada pela truculência física contra professores e funcionários das escolas da rede pública, agora se transformou no Dia do Calote.

Cerca de 100 mil educadores paranaenses deverão entrar em greve por tempo indeterminado, a partir de 1!º de outubro, Mês do Professor, contra calote aplicado pelo governo de Beto Richa (PSDB). Os leitores deste blog souberam desse “tombo” em primeira mão na sexta (clique aqui para relembrar). Leia mais