1 de dezembro de 2014
por Esmael Morais
17 Comentários

Coluna do Marcelo Araújo: “Barrigada”

celso_cnh_marcelo.jpgMarcelo Araújo*

Na Gazeta do Povo do último dia 25 de novembro, o Colunista Celso Nascimento abordou a reestruturação do organograma do Estado que por meio do Decreto 12396 deslocou o Detran da Secretaria de Segurança para a Casa Civil, e ainda destacou que Em todos os estados, os departamentos de trânsito vinculam-se à s suas respectivas secretarias de Segurança Pública. O Paraná será exceção.! (clique aqui).

Além da imperdoável falha, cujo objetivo certamente é induzir o leitor a erro, vez que há mais de uma dezena de Detran que não são vinculados à s Secretarias de Segurança, sua conclusão é que tal mudança tem fins excusos com intenções políticas e financeiras à s quais não se encoraja de dizer claramente, apenas subentende maldosamente como lhe é peculiar.

O erro crasso foi tão gritante que não pude deixar de educadamente fazer-lhe um reparo e enviei um cordial e-mail alertando a “barrigada”: (e-mail abaixo enviado para o Celso no dia 25).

Em sua coluna do dia 27/11 o colunista retoma o assunto dizendo ter sido alertado por um “prestimoso colaborador que por algumas vezes foi personagem dessa coluna” sem ter coragem de nominá-lo, que posso ter sido eu entre vários leitores que perceberam a gritante “pançada”: (clique aqui).

Diz ainda que tal “colaborador” viu a árvore, mas não a floresta, pois o foco principal da coluna foi a velada (para não dizer covarde) acusação de que a mudança teria outras finalidades já citadas, financeiras e políticas, aliás o “guru” já condena por antecipação.

Um soldado ruim compromete a credibilidade da corporação, uma redação com erros de gramática compromete a credibilidade do conteúdo, uma “arvore podre” compromete a credibilidade da tal floresta! Simples!

Além do mais sua acusação contra o governo foi tão velada e covarde que nem daria para adentrar no mérito, sob pena de ele dizer que não foi quem disse, você que concluiu.

Mas o Celso é assim, não se preocupa com a verdade. Já fui vítima. Ele jogou a falaciosa notícia sem ter tido coragem de sentar na minha frente para ver a verdade, mas um dia vai, pois se você combina e não cumpre a vida se encarrega de agendar.

Ele pode ser esquecido, eu não!

Ele tem dificuldade em reconhecer quando erra, tanto que tenta minimizar sua barrigada tentando justificar a acusação de o PR ser o único em algo que não é relevante diante de acusação maior!.

Na sua coluna de ontem novo reparo de outra “barrigadinha” em relação a uma licitação de veículos para a Sanepar. Prestimoso e sábio colunista que também frequenta minha coluna. Quem vive no Céu pensa que todos a sua volta são anjos, quem vive no chiqueiro… Joguem-lhe as pérolas!

De multa eu entendo!

*Marcelo Araújo é advogado, presidente da Comissão de Trânsito, Transporte e Mobilidade da OAB/PR. Escreve nas segundas-feiras para o Blog do Esmael.

Leia a íntegra do e-mail enviado ao colunista Celso Nascimento: Leia mais