27 de março de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Requião pede “jogo duro com bandidos” que emboscaram Caravana de Lula

Requião pede “jogo duro com bandidos” que emboscaram Caravana de Lula

O senador Roberto Requião (MDB-PR) publicou um vídeo nas redes sociais, esta noite (27), pedindo “jogo duro com os bandidos” que emboscaram a Caravana de Lula no trecho entre Quedas do Iguaçu e Laranjeiras do Sul. “Atingiram o carro da imprensa com dois tiros e de convidados com um tiro”, indignou-se.  ... 

Leia mais

1 de setembro de 2016
por Esmael Morais
31 Comentários

Juiz federal protesta contra golpe em alvará de soltura de preso comum

juz_fora_temerO juiz Carlos Alberto Simões, da 17ª Vara da Justiça Federal de Minas Gerais, em Belo Horizonte, resolveu protestar de maneira inusitada contra o golpe de Michel Temer (PMDB). Leia mais

28 de agosto de 2016
por Esmael Morais
45 Comentários

Bandidos que julgarão uma mulher honesta serão derrotados pelo plenário do Senado

bandidos_nytO New York Times matou a cobra e mostrou o pau: ‘trying to oust brazil’s leader but facing own graft charges’. Em bom português, o jornal norte-americano cravou que corruptos querem cassar a presidente do Brasil — uma mulher honesta. Leia mais

28 de maio de 2016
por Esmael Morais
13 Comentários

Quem são os bandidos do provisório governo de Michel Temer?

jorge_bernardi_coluna

O vereador curitibano Jorge Bernardi (REDE), em sua coluna deste sábado (28), pergunta quem são os bandidos do provisório governo de Michel Temer (PMDB). Ele cita trechos de conversas gravadas do senador Romero Jucá (PMDB-RR), o breve, ex-ministro do Planejamento, que explica o golpe: deveriam “mudar o governo pra poder estancar essa sangria”; o golpista ainda afirmou que “conversei ontem com alguns ministros do Supremo. Os caras dizem ó, só tem condições sem ela (Dilma). Enquanto ela estiver ali, a imprensa, os caras querem tirar ela” [Dilma Rousseff]. Segundo o colunista, enquanto o Supremo Tribunal Federal não prende os bandidos de Temer, o povo brasileiro aguarda ansiosamente a surpresa da manhã seguinte. Abaixo, leia, ouça, comente e compartilhe a íntegra do texto: Leia mais

26 de maio de 2016
por Esmael Morais
11 Comentários

Temer pode defenestrar mais dois ministros enrolados no crime

Os ministros interinos dos Transportes, Maurício Quintella, e do Turismo, Henrique Eduardo Alves, estão sendo pressionados a deixar o governo provisório até a votação do impeachment no Senado. Eles são citados na Lava Jato e respondem ações criminais na Justiça.

A tese dos golpistas é não deixar que a “banda podre” contamine o presidente provisório Michel Temer (PMDB) e atrapalhe o bom andamento do afastamento definitivo da presidente eleita Dilma Rousseff.

O governo golpista pretende antecipar a votação do impeachment no Senado em um mês, para o início de setembro, visando estancar a crise política surgida com o vazamento de gravações dos senadores Romero Jucá, Renan Calheiros e do ex-presidente José Sarney – todos eles do PMDB – revelando a trama para derrubar Dilma e travar as investigações da Lava Jato.

O primeiro a ser defenestrado na equipe do golpe foi Jucá, que ocupou o Ministério do Planejamento por 12 dias. No governo Lula ele também havia rodado, depois de três meses na Previdência Social, sob a acusação de corrupção.

Quintella (PR) é acusado de desviar verbas da merenda escolar em Alagoas e Henrique Alves (PMDB) é alvo de denúncia de envolvimento em desvio na Petrobras. Os dois juram que são inocentes.

Na terça (24), Temer bateu na mesa para afirmar que era acostumado a lidar com bandidos.

O deputado federal Sílvio Costa (PTdoB-PE) disse que entendeu que no PMDB só tem bandido.

Pe Leia mais

18 de maio de 2016
por Esmael Morais
13 Comentários

Olha o nível: líder de Temer na Câmara é réu na Lava Jato e suspeito de tentativa de assassinato

moura_cunhaA Câmara estuda trocar o regime interno pelo Código Penal em virtude da quantidade de bandidos que habitam aquela casa legislativa. Essa necessidade foi reforçada hoje (18) com a escolha do deputado André Moura (PSC-SE) como líder do governo ditatorial de Michel Temer (PMDB).

Moura é o alter ego do deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), afastado do mandato e da presidência da Câmara no dia 5 de maio.

Assim como o chefe, o novo líder de Temer é réu na Lava Jato e ainda coleciona outros três processos criminais no Supremo – dentre os quais um sobre tentativa de homicídio.

A barra é tão pesada na Câmara que, inclusive, ensejou uma observação bastante pertinente do linguista norte-americano Noam Chomsky durante uma entrevista televisiva: “gangue de ladrões”. Abaixo, assista ao vídeo: Leia mais

16 de abril de 2016
por Esmael Morais
18 Comentários

Por que os bandidos querem o impeachment de Dilma?

cunhaO juiz federal Sérgio Moro, em inédito mea culpa, na quinta-feira (14), respondeu a questão acima ao reconhecer similitude entre a Vaza Jato, no Brasil, e a Mãos Limpas, na Itália.

Para o magistrado, mudar o governo não resolve o problema da corrupção. A declaração foi dada durante palestra na Associação Médica do Paraná, em Curitiba. Leia mais