9 de Maio de 2014
por esmael
85 Comentários

Richa deverá enfrentar inédita greve na Polícia Militar; assista ao vídeo

O jornal Gazeta do Paraná, de Cascavel, edição desta sexta (9), revela que está sendo preparada uma inédita greve na Polícia Militar; coronel Elizeo Furquim, presidente da Amai, diz que o movimento é por salário, condições de trabalho e melhoria no atendimento da saúde; Richa já conseguiu a proeza, depois de 14 anos, colecionar uma grevezinha! na educação; será que o tucano agora vai propiciar uma greve na PM ou vai atender a justa reivindicação dos policiais?; último movimento dos PMs, através de suas esposas, ocorreu no governo Lerner, em 2001, quando o Batalhão de Choque interveio; na época, as mulheres foram à s lágrimas diante da agressão televisionada; assista ao vídeo.

O jornal Gazeta do Paraná, de Cascavel, edição desta sexta (9), revela que está sendo preparada uma inédita greve na Polícia Militar; coronel Elizeo Furquim, presidente da Amai, diz que o movimento é por salário, condições de trabalho e melhoria no atendimento da saúde; Richa já conseguiu a proeza, depois de 14 anos, colecionar uma grevezinha! na educação; será que o tucano agora vai propiciar uma greve na PM ou vai atender a justa reivindicação dos policiais?; último movimento dos PMs, através de suas esposas, ocorreu no governo Lerner, em 2001, quando o Batalhão de Choque interveio; na época, as mulheres foram à s lágrimas diante da agressão televisionada; assista ao vídeo.

Depois de debelar uma “grevezinha” de educadores que durou uma semana, no mês de abril, o governador Beto Richa (PSDB) poderá agora encarar uma inédita greve na Polícia Militar. Havia 14 anos que não ocorria greve na educação. A última manifestação de policias e de suas esposas ocorreu há 13 anos, ambos os fatos no governo Jaime Lerner. Leia mais