5 de Maio de 2014
por esmael
11 Comentários

PSB de Eduardo Campos pode formalizar “guinada à  direita” e enterrar “manifesto socialista”

do Brasil 247

Manifesto oficial do partido de Eduardo Campos prega a "socialização dos meios de produção" e imposição de limites à  propriedade privada; críticas nas redes sociais dispararam o alarme na campanha e o coordenador de comunicação, Alon Feuerwerker, já sugeriu alterações ao presidenciável pernambucano; texto de 1947, de inspiração marxista, deve ser alterado antes da convenção que tornará Campos candidato.

Manifesto oficial do partido de Eduardo Campos prega a “socialização dos meios de produção” e imposição de limites à  propriedade privada; críticas nas redes sociais dispararam o alarme na campanha e o coordenador de comunicação, Alon Feuerwerker, já sugeriu alterações ao presidenciável pernambucano; texto de 1947, de inspiração marxista, deve ser alterado antes da convenção que tornará Campos candidato.

O manifesto do PSB, de inspiração marxista, que prega a “socialização dos meios de produção” e a imposição de limites à  propriedade privada, deve ser alterado antes das eleições presidenciais. O motivo: há o receio, na equipe de Campos, de que o presidenciável seja atingido por críticas que já circulam na internet ao documento do partido. Leia mais