13 de dezembro de 2014
por esmael
5 Comentários

Pela mudança, nação coxa-branca vai à s urnas neste sábado

eleicao_coxa.jpg

Cerca de 9 mil sócios estão aptos a escolher o novo presidente do Coritiba Foot Ball Club para o triênio 2015-2017. A eleição ocorrerá hoje das 10h à s 16h no estádio Couto Pereira, no bairro Alto da Glória. Leia mais

12 de dezembro de 2014
por esmael
4 Comentários

Clássico do ano: Vilson Andrade x Alex

Último confronto eleitoral deste ano ocorrerá no Coritiba, que este sábado (13) escolhe o novo presidente; Alex é o principal garoto-propaganda da chapa oposicionista "Coxa Maior".

Último confronto eleitoral deste ano ocorrerá no Coritiba, que este sábado (13) escolhe o novo presidente; Alex é o principal garoto-propaganda da chapa oposicionista “Coxa Maior”.

Amanhã, sábado 13, é dia de clássico no Couto Pereira.

Cerca de 9 mil sócios deverão eleger o novo presidente do clube, que neste ano escapou por muito pouco do rebaixamento no Brasileirão. Leia mais

11 de dezembro de 2014
por esmael
3 Comentários

Craque Alex oficializa apoio à  chapa de oposição “Coxa Maior”

Como o Blog do Esmael já havia adiantado na terça-feira (9), o ex-capitão anunciou nesta quinta (11), durante entrevista na Rádio Transamérica, apoio à  chapa de oposição “Coxa Maior” na eleição do Coritiba marcada para o próximo sábado (13).

A chapa Coxa Maior é encabeçada pelo cartorário Rogério Bacellar e o empresário André Macias. A mulher do craque, Daiane Mauad, também faz parte do time oposicionista no Conselho Deliberativo.

A campanha no clube esquentou bastante nesta reta final. Hoje, por exemplo, os oposicionistas abriram fogo contra a situação acusando-a de “uso da máquina” e de cometer irregularidades na composição da chapa (clique aqui).

Na entrevista, Alex disse que antecipou sua aposentadoria porque ficou decepcionado com promessas não cumpridas pela atual gestão do clube.

“Sábado eu voto no (Rogério) Bacellar!, cravou o Menino de Ouro, sócio do clube desde 2000 e por isso com direito a participar do pleito. Estou do lado da oposição porque conheço as pessoas que estão lá, sei o que estão desenhando há sete, oito meses através do Ricardo Guerra!, explicou.

Ele se refere ao estudo encomendado por Guerra, integrante do G5 da Coxa MAIOR. O projeto foi desenvolvido pelo especialista em gestão esportiva João Paulo Medina, que será o superintendente de futebol do Coritiba em caso de vitória da chapa de oposição.

Para o craque, mesmo antes de se posicionar publicamente era fácil perceber em quem seria seu voto. Venho sendo contraponto ao Vilson há dois anos. Qualquer pessoa com discernimento podia perceber. Eu, como associado do clube e jogador dele que fui durante dois anos, opto por mudança.!

Alex deixou claro não ter problemas pessoais com o atual presidente, mas que discorda da gestão. Lembrou que a grande maioria das promessas feitas a ele em 2012 por Vilson Ribeiro de Andrade e o então superintendente de futebol Felipe Ximenes não foram cumpridas.

Me falaram, por exemplo, que viriam dois ou três jogadores com grande potencial. Também que a base seria muito aproveitada. Mas o uso da base foi ridículo nesses dois anos!, criticou.

Não fosse esse descontentamento, o camisa 10 disse que tinha condições de continuar jogando. Podia. Fisicamente tenho problemas, porque sou como um carro velho, preciso de manutenção. Mas podia sim!, contou.

Segundo Alex, um dos principais problemas hoje no clube é o distanciamento entre time e diretoria. O grupo não tem aceitação com ele (Vilson). Criou-se um distanciamento desde aquele jogo contra o Criciúma no ano passado (quando chamou jogadores de vagabundos), que seguiu até este último com o Bahia!, relatou.

Lembrou também do atraso nos salários, mas que isso não era o pior para ele e os companheiros. “O que mais chateava a gente não era o não pagamento. Era passarem para os outros que estava em d

11 de dezembro de 2014
por esmael
4 Comentários

Oposição no Coritiba acusa situação de uso da máquina! nas eleições e aponta outras irregularidades

A disputa pela direção do Coritiba Football Club promete fortes emoções nesta reta final até sábado (13). A Chapa de oposição Coxa Maior! está apresentando uma série de denúncias que incluem uso da máquina administrativa do clube em benefício da chapa da situação, além de inclusão de sócios irregulares na composição da chapa.

Segundo a Chapa Coxa Maior, a atual direção editou a revista Alma guerreira!, que foi enviada somente aos sócios votantes, com claro objetivo de fazer propaganda eleitoral para a situação. Além disso, matérias no site oficial do Clube na internet teriam o mesmo objetivo.

Segundo os oposicionistas, toda a estrutura de telefonistas, funcionários e site do clube (clique aqui e aqui) estaria sendo obrigado a trabalhar para a campanha, sofrendo assédio moral no caso de recusa.

Quanto! a inclusão de sócios irregulares, a chapa oposicionista emitiu ata notarial no 7!° Tabelionato Volpi, provando que três integrantes da chapa de situação não estavam aptos a concorrer as eleições. Um deles, Leodir Bonilha, seria inclusive credor do clube através da Pro Tork. Sobre esta irregularidade, a Chapa! Coxa Maior! (oposição) entrou com pedido de impugnação da chapa! Coritiba, Nós Construímos! junto ao! Conselho Deliberativo do Coritiba.

“Ou seja, o dono da Pro Tork assinará o cheque de um lado da mesa e o pegará do outro lado”, ironizam os oposicionistas, ao referirem a R$ 16,6 milhões que Bonilha tem para receber do Coritiba pela construção da Reta da Mauá.

Cerca de 9 mil torcedores coxa-branca vão à s urnas neste sábado, dia 13, para escolher a nova direção do Coxa!. O maior eleitor, o ex-capitão Alex, deverá anunciar hoje (11)! apoio à  chapa de oposição, Coxa Maior!, comandada pelo cartorário Rogério Bacellar e o empresário André Macias. A esposa de Alex, Daiane, reforça a chapa oposicionista.

Veja aqui a Ata Notorial:

http://s3.amazonaws.com/static.esmaelmorais.com.br/wp-content/uploads/2014/12/20145236/documento-9a-ATA_SOCIOS_106551.pdf

10 de dezembro de 2014
por esmael
11 Comentários

Quebrado, Coxa imita Beto Richa e dá calote em funcionários

ribeiro_coxa_incompetencia.jpgO presidente do Coritiba, Vilson Ribeiro de Andrade, está sendo acusado carta por ex-funcionários do clube de administração temerária e de apropriação indébita de recursos, pois, de acordo com os acusadores, o dirigente deixou de recolher por 5 Anos o FGTS dos funcionários do futebol profissional. Em carta, eles reclamam ainda de calote na rescisão trabalhista seis meses depois de demitidos.

O médico Walmir Sampaio, em artigo publicado no site COXAnautas, corrobora as acusações contra Ribeiro de Andrade e também classifica a administração do time do Alto da Glória como incompetente.

“Se em campo a situação está resolvida, fora dele o torcedor apto a votar poderá afastar outra grande ameaça ao futuro do clube: a atual gestão. Gestão que fez promessas e não cumpriu, que afastou pessoas competentes por discordarem dos seus métodos, que perdeu a credibilidade e se cercou de omissos ou apadrinhados que jamais discordam de coisa alguma. Não haverá futuro melhor sem mudanças na gestão e nos métodos”, prega o médico.

O governador Beto Richa (PSDB) é ‘exemplo vivo’ de incompetência administrativa. No primeiro mandato, quebrou o Estado. Reeleito, o tucano agora ameaça quebrar até a iniciativa privada aumentando o ICMS dentre outras maldades.

Para integrantes da chapa oposicionista “Coxa Maior”, sem entrar no mérito da comparação política com Richa, a reeleição de Vilson Andrade poderá representar um desastre para o clube, que poderá se endividar mais e voltar à  ZR em 2015.

Cerca de 9 mil torcedores coxa-branca vão à s urnas neste sábado, dia 13, para escolher a nova direção do clube. O maior eleitor, o ex-capitão Alex, deverá anunciar nesta quinta (11) apoio à  chapa comandada pelo cartorário Rogério Bacellar e o empresário André Macias. Sua mulher, Daiane, reforça a chapa oposicionista.

A seguir, leia a íntegra da carta dos ex-funcionários do Coxa:

6 de dezembro de 2014
por esmael
10 Comentários

Ricardo Gomyde: “Alex, o grande!”

gomyde_alex.jpg

Ricardo Gomyde*

Amanhã será o último jogo do Alex. Encerrará a carreira um jogador fantástico. O Couto Pereira deverá estar em festa para comemorar este momento importante na história do futebol e, evidentemente, do clube. Leia mais

17 de novembro de 2014
por esmael
10 Comentários

Derrota em campo acirra disputa eleitoral no Coritiba

eleicao_coxa.jpg

Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come. Eis a situação do presidente do Coritiba, Vilson Ribeiro de Andrade, que terá de enfrentar as urnas no próximo dia 13 de dezembro. Será a última grande disputa eleitoral de 2014 no estado do Paraná que, a exemplo do segundo turno presidencial, acontecerá sob o signo da mudança. Leia mais

30 de novembro de 2013
por esmael
6 Comentários

Coluna do Ricardo Gomyde: “Viva o Bom Senso Futebol Clube!”

Ricardo Gomyde, em sua coluna deste sábado, sai em defesa do "Bom Senso Futebol Clube", movimento nacional liderado por jogadores como Alex, do Coritiba, que exige calendário, fim de jornada exaustiva e direito a férias e descanso; diretor de Futebol do Ministério do Esporte relata que maratona de jogos imposta a atletas os expõem a constantes lesões; à€s vezes, o número de jogadores no departamento médico é similar a quem pode entrar em campo!, escreve; falta de calendário da CBF, segundo o colunista, atinge cerca de 800 clubes profissionais no Brasil; são 20 na primeira divisão; vinte na segunda e o mesmo na terceira; quarenta na quarta; 700 restantes, que não são de elite, não tem o que fazer, pois ficam o segundo semestre todo parados; leia o texto.

Ricardo Gomyde, em sua coluna deste sábado, sai em defesa do “Bom Senso Futebol Clube”, movimento nacional liderado por jogadores como Alex, do Coritiba, que exige calendário, fim de jornada exaustiva e direito a férias e descanso; diretor de Futebol do Ministério do Esporte relata que maratona de jogos imposta a atletas os expõem a constantes lesões; à€s vezes, o número de jogadores no departamento médico é similar a quem pode entrar em campo!, escreve; falta de calendário da CBF, segundo o colunista, atinge cerca de 800 clubes profissionais no Brasil; são 20 na primeira divisão; vinte na segunda e o mesmo na terceira; quarenta na quarta; 700 restantes, que não são de elite, não tem o que fazer, pois ficam o segundo semestre todo parados; leia o texto.

por Ricardo Gomyde*

A negociação que os atletas do Bom Senso FC iniciaram com a CBF para melhorar o calendário do futebol brasileiro não é só oportuna como também urgente. Vejo com muito bons olhos esse movimento e apoio a revisão da maratona de jogos que os clubes maiores disputam ao longo do ano. E nesse processo, a liderança de profissionais do gabarito do Alex, com sua carreira irretocável e gloriosa, tem sido indispensável. Tenho mantido conversas com os principais líderes do movimento para reforçar o nosso apoio a essa luta. Leia mais