16 de Abril de 2018
por esmael
Comente agora

URGENTE: Justiça extingue multa diária de R$ 500 mil para acampamento Lula Livre

A Prefeitura de Curitiba entrou em acordo com a organização do acampamento Lula Livre, nas imediações da Polícia Federal de Curitiba, e a Justiça extinguiu multa diária de R$ 500 mil para as entidades. O entendimento foi mediado pelo procurador Olympio de Sá Sotto Maior, coordenador do Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça de Proteção aos Direitos Humanos do Ministério Público do Paraná. Leia mais

4 de Janeiro de 2018
por esmael
14 Comentários

R$ 10 bi da Petrobras para os americanos. Então a lava jato era para isso?

Sempre houve suspeitas de que a lava jato trabalhava em linha com os interesses estrangeiros, mormente com os Estados Unidos. As colaborações ilegais da força-tarefa do juiz Sérgio Moro com o Tio Sam alimentaram nesses últimos anos a teoria de que ele, o magistrado, era um agente duplo. Poderia ser apenas mais uma teoria da conspiração, mas a doação de R$ 10 bilhões da Petrobras a investidores norte-americanos, a título de indenização por perdas provocadas pela própria lava jato, era o batom na cueca que faltava para provar a verossimilhança dessa história. Leia mais

3 de Janeiro de 2018
por esmael
11 Comentários

Requião à PGR: Vocês também fazem parte deste “acordo” de R$ 10 bi para os americanos?

O senador Roberto Requião (MDB-PR) perguntou nesta quarta-feira (3), pelo Twitter, se a Procuradoria-Geral da República também faz parte no escandaloso acordo em que R$ 10 bilhões foram doados pela Petrobras a acionistas norte-americanos. Leia mais

3 de Janeiro de 2018
por esmael
6 Comentários

Temer doa R$ 10 bilhões, uma Lava Jato inteira, para investidores norte-americanos

O governo Michel Temer fechou um acordo com a Justiça dos Estados Unidos para que a estatal brasileira pague US$ 2,95 bilhões – o equivalente a R$ 10 bilhões – a investidores norte-americanos. Assim, o dinheiro recuperado pela Lava Jato, conduzida por Sergio Moro, segue direto para os Estados Unidos. Leia mais

7 de setembro de 2016
por esmael
30 Comentários

Fruet pagará R$ 1 milhão por assédio sexual na Urbs, diz Justiça

fruet_abuso_urbsA gestão do prefeito Gustavo Fruet (PDT) fez acordo ontem (6), na Justiça do Trabalho, reconhecendo assédio sexual e moral na Urbs — empresa que gerencia o transporte em Curitiba. Os termos do acordo custarão R$ 1 milhão aos cofres municipais, conta que ficará para o próximo gestor.

6 de Março de 2015
por esmael
176 Comentários

Educadores podem encerrar greve na segunda-feira, informa líder do PMDB

O deputado Nereu Moura, líder do PMDB na Assembleia, saiu animado de uma audiência de conciliação, nesta sexta-feira (6), entre o Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR), governo do estado e APP-Sindicato.

De acordo com o parlamentar, foi elaborado documento sintetizando “acordo” entre as partes [governo e APP] que será apreciado na próxima segunda-feira, dia 9, à s 8h30, em Curitiba, durante assembleia geral dos educadores na Vila Capanema (estádio do Paraná Clube).

Agora a última palavra está nas mãos da assembleia dos professores que irá acontecer segunda-feira que vem!, disse o deputado.

A audiência contou com a participação, além de Nereu Moura, do comando da greve da APP e representando o governo, o deputado Luiz Cláudio Romanelli (PMDB), o secretário de Educação, Fernando Xavier, e o chefe da Casa Civil, Eduardo Sciarra.

Apesar do otimismo do líder do PMDB, a APP-Sindicato segue afirmando que a greve continua!. A entidade representativa dos professores e funcionários de escolas confirma que somente a assembleia geral da categoria pode pôr fim ou continuar a greve que hoje completou 26 dias.

Ao longo desta sexta, a APP-Sindicato publicou várias “pílulas” nas redes sociais informando as conquistas da categoria durante o movimento paredista e sinalizando que o fim da paralisação está próximo: “Decreto garante nomeação de 1015 pedagogos”; “PDE: Resolução da SEED estabelece nova turma para 2o semestre”; Fundo Rotativo: Governo deposita R$ 8 milhões referente atrasados de 2014″; e “Desistência da fusão da Previdência e do Pacotaço”.

Leia a íntegra do documento oficial firmado entre governo do estado e APP-Sindicato:

COMPROMISSOS DO PARANà COM A EDUCAà‡àƒO PÚBLICA

Considerando a reunião havida entre o Governo do Estado, presentes o Secretário Chefe da Casa Civil, Eduardo Francisco Sciarra, o Secretário de Estado da Educação, Fernando Xavier Ferreira, o Líder do Governo na Assembleia Legislativa, Deputado Luiz Claudio Romanelli, os Deputados Nereu Moura e Professor Lemos e pelo Comando de Greve da APP-Sindicato, Hermes Silva Leão, Walkíria Olegário Mazetto, Celso José dos Santos, Luiz Carlos Paixão da Rocha e Rodrigo Tomazini, Nasser Ahmad Allan, com mediação do Desembargador Luiz Mateus de Lima, no dia 06 de março de 2015, no Tribunal de Justiça do Paraná, apresentam-se os compromissos assumidos pelas partes com vistas à  solução do conflito coletivo:

1 – PROJETOS DE LEI – O Governo comprometeu-se a não apresentar qualquer projeto de lei que suprima direitos dos servidores públicos e, em particular, dos educadores. Os projetos que estavam tramitando na Assembleia Legislativa foram retirados no dia 12 de fevereiro.

2 – PARANà PREVIDàŠNCIA – Permanece como está. Durante este mês de março, o Governo promove

6 de Abril de 2014
por esmael
24 Comentários

“Nem a pau, Juvenal”, diz Requião sobre acordo eleitoral com Pessuti

Senador Roberto Requião, ao blog, jura que não fará acordo com o ex-governador Pessuti na convenção do PMDB; "Nem a pau, Juvenal", reagiu; segundo o parlamentar, 90% dos convencionais vão aprovar a candidatura própria e o projeto de retorno do partido ao Palácio Iguaçu; nesta semana, quando retornar do Uruguai, onde presidente o Parlasul, Requião deverá registrar sua pré-candidatura na agremiação, bem como o deputado Marcelo Almeida também deverá anotar seu desejo de concorrer ao Senado.

Senador Roberto Requião, ao blog, jura que não fará acordo com o ex-governador Pessuti na convenção do PMDB; “Nem a pau, Juvenal”, reagiu; segundo o parlamentar, 90% dos convencionais vão aprovar a candidatura própria e o projeto de retorno do partido ao Palácio Iguaçu; nesta semana, quando retornar do Uruguai, onde presidente o Parlasul, Requião deverá registrar sua pré-candidatura na agremiação, bem como o deputado Marcelo Almeida também deverá anotar seu desejo de concorrer ao Senado.

O senador Roberto Requião falou ao blog neste domingo (6) momentos antes de embarque para Montevidéu, no Uruguai, onde vai presidir amanhã mais uma sessão do Parlasul – o Parlamento do Mercosul. Este blogueiro foi direito na “jugular” perguntando-lhe sobre hipotético acordo com seu desafeto no PMDB, o ex-governador Orlando Pessuti. Leia mais