13 de setembro de 2015
por Esmael Morais
24 Comentários

Correspondente de Madrid: ‘Lula terá oportunidade para declinar nomes dos 300 picaretas na Polícia Federal’

Movimento Pró-impeachment de Dilma é formado por políticos processados e até já condenados por corrupção. Como sempre, o PT se cala, obsequioso e vencido. Mas será que Lula vai continuar calado?

por Rogério Mattos Costa, de Madrid, especial para o Blog do Esmael

Aqui na Europa já ficou evidente que as estratégias “Lulinha Paz e Amor” e “Dilminha do Ajuste Fiscal” foram um fracasso político evidente e retumbante.

Embora Lula e Dilma tenham tido sucesso mundialmente reconhecido em termos de combate à miséria e à pobreza, de cidadania e de direitos humanos, alguns dos maiores corruptos do Brasil irão iniciar nesta terça-feira (15) um processo que tem tudo para dar certo: julgamento político de Dilma por aqueles que, em virtude de seus próprios crimes e malfeitos, temem ser investigados, julgados e condenados, se ela continuar no poder.

E agora “Lulinha”? E agora “Dilminha”? E agora “Falcãozinho”, “Cardozinho” e “Edinho”?

E agora “Mercadantinho”, que tinha medo até dos comentários no Twitter que recebia?

A pergunta na esquerda daqui da Espanha com quem temos contato é onde estavam Lula e o PT que não denunciaram esses anos todos “os 300 picaretas que têm no Congresso” à Polícia Federal?

Onde estarão os advogados do PT que preferiram sempre “colocar panos quentes” ao invés de simplesmente fazer seu trabalho denunciando corruptos à Polícia Federal, alegando bobagens como o célebre “é melhor um mau acordo do que uma boa demanda”?

Onde estará Lula se for depor na Polícia Federal e não exigir que o delegado Josélio, que o está convocando para depor, transcreva em seu depoimento as acusações sérias e fundamentadas contra os 300 picaretas, que o ex-presidente já disse que existiam, mas nunca apresentou?

Aliás, nem Lula nem o “PT de baixos teores” do ministro “Cardozinho”, sempre disposto a mais uma concessãozinha à direita corrupta e fascista, com a finalidade de acalmá-la.

Aliás, se Lula falasse, não seriam simples denúncias, mas sim processos inteiros, com sentenças condenatórias em primeira e segunda instância.

Os processos judiciais contra os “300 picaretas”, a maioria condenados estão parados há anos no STF, no STJ, nos tribunais estaduais, mas “Lulinha Paz e Amor” sempre orientou o PT para não exigir que os processos criminais avançassem…Sabe-se lá por qual razão, ou tática “jenial”…

Na política, não tem empate. E quem não faz gol, toma!

No Estado de Direito, a luta política apenas tem consequência prática se for seguida de novas leis ou de sentenças judiciais. Num país cheio de políticos de direita corruptos, quando em 2002, o PT ganhou a eleição e eu ainda vivia aí, achamos que íamos ficar livres desses picaretas. Mas não.

Eles prosperaram, “caíram para cima” e ganharam ministérios, empresas estatais, cargos públicos importantes, apoio eleitoral. Ou ficaram livres, leves e soltos, na “oposição” que mais parecia e parece uma nau de condenados.

Lula e Dilma deveriam saber que de nada adiantaria ficar só no blá-blá-blá e na inauguração quase clandestina de obras e programas que, por mais importantes e maravilhosos que tenham sido para milhões de desesperados, excluídos, pobres e para a própria classe média não são conhecidos da população, pois são censurados abertamente na TV aberta ou fechada.

E por que as obras e programas do governo não são conhecidos?

Ora, por que “O PT não vai criar sua imprensa, por que ela já existe, foi Gutemberg que criou e é a TV Globo”, como sonhando, fora de si, devido talvez a algum chá alucinógeno, teria dito José Dirceu ao então governador do Paraná, Roberto Requião, quando este o questionou sobre a teimosa obstinação da direção do partido em proibir por 12 anos, até hoje, a criação ao menos um jornal impresso e on-line com linha política de esquerda.

Lembram da entrevista de Lula na bancada do JN após o resultado da eleição de 2002?

Sobre tudo o que está acontecendo hoje, com todo o respeito ao trabalho de mais de dois milhões de brasileiros que durante esses 36 anos carregaram o partido nas costas, muita gente que conhece só tem a dizer ao Lula:

“É muito bem feito!”

“Quem mandou subestimar seus adversários?”

“Quem mandou acreditar nos Irmãos Marinho?”

“Quem mandou desprezar fazer a boa política com o povo pobre e com a classe média, deixando de mostrar para elas, com todos os meios que um governo certamente tem,

todos os avanços, as concepções de mundo e de civilidade que estavam atrás dos programas sociais?”

“Quem mandou desprezar falar com o povo e preferir bajular alguns picaretas, permitindo que outros ficassem livres, leves e soltos, sem sofrer as consequências de seus atos e trabalhando contra o povo?“

“Quem mandou não mandar auditar a dívida pública, como prometeram, deixando o país continuar inteiramente nas mãos dos bancos, que comem nada menos do que 43% do orçamento da União?”

Por tudo isso e por muitos mais “quem mandou”, nas áreas da saúde, da energia, da educação, do saneamento, do judiciário, da reforma política, da comunicação social e tantas outras, hoje muita gente do Brasil aqui na Europa só consegue dizer ao “Lulinha Paz e Amor”: É muito bem feito!”

Vamos ver como Lula se comportará no seu depoimento na Polícia Federal. Dependendo de sua corage Leia mais