STF recebe denúncia contra Rossoni

A Procuradoria Geral da República pediu esta semana a abertura de inquérito no STF contra o deputado federal licenciado e chefe da Casa Civil do Paraná Valdir Rossoni (PSDB).

Na proposta de ação penal recebida na quarta-feira (4) pelo STF, Rossoni é acusado de “prevaricação” no exercício da função pública — quando o agente deixa de agir visando satisfazer interesse pessoal.

Pelos portais do MPF e do STF só é possível acessar a movimentação do inquérito 4477 (número único: 0003359-73.2017.1.00.0000), pois o “processo físico” é da época em que Rossoni presidia a Assembleia Legislativa do Paraná. São dois volumes com 328 folhas.

A ministra Rosa Weber é quem relatará o pedido de abertura de inquérito contra Rossoni, que tem foro privilegiado.

Resumo da ópera: pelo jeito, Rossoni deverá fazer companhia ao patrão Beto Richa (PSDB), réu em duas ações penais no STJ — foro especial para julgamento de governadores.

Veja também  Xô pedágio com outorgavírus!

Comments are closed.