STF afasta Aécio e Rocha Loures; irmã de tucano tem ordem de prisão

TEMER EM QUEDA. O Supremo Tribunal Federal determinou o afastamento do senador Aécio Neves (PSDB-MG) e o deputado Rocha Loures (PMDB-PR) dos respectivos cargos, no Congresso Nacional. A corte determinou ainda a prisão Andrea Neves, que teria pedido dinheiro em nome do irmão Aécio para Joesley Batista, dono da JBS, num primeiro contato antes de o próprio tucano procurar o empresário.

Note o caro leitor que o script é parecidíssimo com aquele que levou o ex-senador Delcídio Amaral e o ex-deputado Eduardo Cunha à prisão na Lava Jato.

Rocha Loures foi filmado pela Polícia Federal recebendo uma mala contendo R$ 500 mil, entregue por Joesley ao homem forte do presidente ilegítimo Michel Temer (PMDB).

Na manhã desta quinta-feira (18), a PF cumpre mandado de busca e apreensão nos gabinetes de Aécio, Rocha Loures e Zezé Perrella (PMDB-MG). Os agentes federais também estão no apartamento do presidente nacional do PSDB no Rio de Janeiro.

A irmã de Aécio não foi encontrada no endereço, por isso a PF acionou a Interpol para encontrá-la.

Veja também  Requião Filho: MDB luta para que o Paraná e os paranaenses retomem o protagonismo

Comments are closed.