Sob Temer, dispara o roubo de cargas

O golpe de Michel Temer (PMDB) fez disparar o roubo de cargas no Brasil.

Em São Paulo, por exemplo, segundo empresas transportadoras, o roubo de cargas disparou 23% somente nos primeiros seis meses deste ano.

Temer conseguiu a façanha de fazer o Brasil campeão mundial no número total de roubos de cargas, superando, por exemplo, os Estados Unidos e Europa juntos nos primeiros 6 meses.

Somente no estado governado por Geraldo Alckmin (PSDB), no período, o prejuízo das empresas transportadoras é estimado em R$ 1,3 bilhão.

No Brasil, foram mais de 24 mil roubos a cargas e caminhões no ano de 2016.

Pré-convulsão

Embora as ações de roubo a cargas sejam ações de quadrilhas, os meios sociológicos vêm alertando para uma possível convulsão social. Nesse estágio, populares promovem saques a supermercados e cargas para conter o desespero da fome.

No golpe de Temer, já são mais de 14 milhões de desempregados e a fome voltou a rondar as famílias brasileiras.

Veja também  A burguesia teme saques a supermercados e armazéns com volta da fome

Comments are closed.