Servidores federais fazem marcha em Brasília

Google News

da Agência Brasil

Servidores federais protestam em Brasília. Foto: Divulgação.
Os trabalhadores federais, representados por 31 sindicatos de todo o país, se reuniram na manhã de hoje (28), em Brasília, para uma grande marcha pedindo definição de política salarial, reposição inflacionária, valorização do salário-base e incorporação das gratificações para a categoria. Os representantes sindicais estão reunidos com o secretário das Relações do Trabalho do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), Sérgio Mendonça, para negociarem com o governo.

Os servidores estão mobilizados em frente ao MPOG desde as 10h. A Campanha Salarial Unificada dos Servidores Federais de 2012 reivindica também a retirada da pauta do Congresso Nacional de Projetos Complementares (PLC) que subtraem direitos dos servidores públicos, como PLP 549/09, que congela os salários por 10 anos, e a PLC 2/2012, que cria a Fundação de Previdência Complementar do Servidor Público Federal e privatiza a aposentadoria.

O presidente do Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central (Sinal), Sérgio da Luz Belsito, diz que há três anos os trabalhadores não têm aumento e que é necessário o aumento de salário para a valorização profissional. Nós temos um índice de reposição. Há a necessidade desta reposição, estamos há três anos sem nenhum reajuste. Nós queremos a construção de uma política salarial permanente, o governo prometeu isto e até agora não temos nada!, disse.

Ainda de acordo com Belsito, estão acontecendo movimentações semelhantes à  de Brasília em outras capitais do país. Está marcada para 25 de abril uma nova assembleia geral com todos os sindicatos caso a reunião de hoje com o secretário não apresente uma resposta satisfatória aos sindicalistas e servidores. De acordo com a Polícia Militar, cerca de 500 pessoas participaram da marcha somente no período da manhã.

Comments are closed.