Sergio Moro pode concorrer ao Senado por São Paulo, mostra sondagem da Paraná Pesquisas

Sergio Moro pode concorrer ao Senado por São Paulo, mostra sondagem da Paraná Pesquisas

A Paraná Pesquisas mostra que o ex-juiz suspeito Sergio Moro (Podemos) pode recuar da disputa presidencial, nas eleições de 2022, para concorrer ao Senado pelo estado de São Paulo.

O suspeitíssimo ex-juiz precisa de um mandato que lhe garanta foro privilegiado, a exemplo do ex-procurador Deltan Dallagnol (Podemos), que disputará uma cadeira na Câmara pelo Paraná.

De acordo com a sondagem da Paraná Pesquisas, em São Paulo, Moro desponta na segunda posição na luta pelo Senado. Confira:

  • Datena 25,7%
  • Sergio Moro 19,8%
  • Fernando Haddad 17,7%
  • Janaina Paschoal 7,7%
  • Paulo Skaf 7,4%
  • José Aníbal 0,8%

Note que o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), aparece na terceira posição nesse cenário congestionado na corrida pelo Senado, enquanto ele lidera na disputa pelo governo paulista.

Quanto a Moro, que viu seu projeto presidencial virar água, começou a fazer política na várzea por pura falta de opção. Nessa semana, por exemplo, o ex-juiz suspeito anunciou aliança até com o tal Arthur do Val, o “Mamãe Falei”, pré-candidato ao governo de São Paulo pelo Patriota.

A Paraná Pesquisas entrevistou 1.818 eleitores entre os dias 13 e 17 de dezembro de 2021. A margem de erro é de 2,5% para mais ou para menos.

Federação partidária de Lula vence a disputa pelo governo de São Paulo, diz Paraná Pesquisas

Por que Ratinho Junior teme o confronto eleitoral ‘mano a mano’ com Roberto Requião

Respeitem Dilma Rousseff