Rússia suspende hoje fornecimento de gás para a Holanda

► Gazprom confirma suspensão do fornecimento de gás à GasTerra por falta de pagamento em rublos

► Anteriormente, GasTerra decidiu não cumprir os requisitos da Gazprom para pagar o gás fornecido em rublos russos

A Gazprom confirmou a suspensão completa do fornecimento de gás à GasTerra BV da Holanda devido à falta de pagamento em rublos, disse a holding russa de gás em comunicado nesta terça-feira (31/05).

– Até o final do dia útil de 30 de maio, a Gazprom Export ainda não recebeu um pagamento da GasTerra BV pelo gás fornecido em abril, que deveria ser feito em conformidade com o Decreto do Presidente da Rússia nº 172, de 31 de março, 2022 – disse o comunicado.

Os pagamentos do gás fornecido desde 1º de abril devem ser feitos em rublos por meio de novos detalhes da conta, dos quais as contrapartes foram devidamente informadas, acrescentou a Gazprom.

Na segunda-feira (30/05), a Gazprom Export disse que suspenderia os fornecimentos contratados de gás russo ao seu principal parceiro na Holanda, o comprador de gás GasTerra, em 31 de maio, devido ao fato de a empresa não ter pago o gás fornecido em abril e se recusar a pagar em rublos.

GasTerra disse anteriormente que decidiu não cumprir os requisitos da Gazprom de pagar pelo gás fornecido em rublos russos. Fazer isso correria o risco de violar as sanções impostas pela UE, explicou a empresa, acrescentando que existem muitos riscos financeiros e operacionais associados à rota de pagamento necessária.

O gás natural russo foi fornecido à Holanda sob um contrato de longo prazo celebrado em 2000 por 20 anos, que foi posteriormente prorrogado até 1º de outubro de 2022. De acordo com dados fornecidos pelo Serviço Federal de Alfândega da Rússia, a Rússia exportou cerca de 6,67 bilhões de metros cúbicos de gás natural gás para a Holanda em 2021 (redução de 34,5% em relação ao ano anterior), que cobre 16% da demanda de gás do país.

Veja também  WikiLeaks vazou mensagens diplomáticas dos EUA que previam a guerra Rússia-Ucrânia; confira