Rússia nega ter pedido ajuda militar à China na Ucrânia

A Rússia pode assumir o controle total das principais cidades ucranianas e tem poder militar suficiente para cumprir todos os seus objetivos na Ucrânia sem a necessidade de ajuda da China, disse o Kremlin.

O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, disse que as tropas russas podem tomar “grandes centros populacionais sob controle total” na Ucrânia.

Quando questionado pela Reuters sobre comentários de autoridades norte-americanas que disseram que a Rússia havia pedido equipamento militar à China, Peskov negou as alegações.

Kiev sob bombardeio russo no 19º dia de guerra [resumo 14/03/2022]

Ele respondeu:

– A Rússia possui seu próprio potencial independente para continuar a operação. Como dissemos, está indo de acordo com o planejado e será concluído no prazo e na íntegra.

Ou seja, os russos disseram que os Estados Unidos disseminaram fake news ao espalhar que Vladimir Putin teria pedido socorro à China.

Segundo a imprensa americana, Putin pediu ajuda militar e econômica aos chineses – citando como fonte o jornal britânico Financial Times.

Resumo da ópera: nunca foi tão verdadeira a máxima segunda qual a primeira vítima da guerra sempre é a própria verdade.

Veja também  Coração de pedra, Ratinho Junior está acabando com hospital infantil de Campo Largo (PR)