Rumo a Paris: Ciro Gomes diz que não apoiará Lula no segundo turno

Nos bastidores da esquerda só se fala nisso: Ciro Gomes, candidato do PDT, já está de passagem comprada para Paris.

Estagnado com 8%, é praticamente impossível Ciro avançar para a etapa eleitoral seguinte.

Lula e Bolsonaro polarizam a disputa, segundo o Datafolha, com possibilidade de vitória do petista no primeiro turno.

– Se eu for para o segundo turno com o Bolsonaro, claro que eu quero o apoio do Lula. O contrário (apoiar Lula), não é mais viável – disse o pedetista.

Ciro explicou por que não subirá no palanque de Lula no segundo turno:

– Como eu dizendo que eles são corruptos, incompetentes, vou subir no palanque com eles? Passa a ser cumplicidade. Lula é responsável maior pela tragédia que está acontecendo no País.

Na eleição de 2018, Ciro Gomes zarpou para Paris no segundo turno entre Haddad e Bolsonaro.

Em síntese, Ciro avisou na GloboNews: Paris, aí vou eu!

Blog do Esmael, notícias verdadeiras.

LEIA TAMBÉM