Revista diz que tráfico planejou assassinar deputado Francischini

Fernando Francischini está na mira dos traficantes, diz PF. Foto: à‰poca.
A coluna de Felipe Patury, da revista à‰poca, revela que o deputado federal paranaense Fernando Francischini (PEN) está na mira do tráfico. Há um relatório da Polícia Federal (clique aqui para ler) mostrando que 17 criminosos presos combinaram matar o parlamentar.

Conforme relatório da PF, a trama teve a participação dos detentos Elias Maluco, condenado pelo assassinato do jornalista Tim Lopes, Marcelo PQD, o paraquedista do tráfico, e o ex-policial Alexandre de Jesus Carlos, o Choque. Ao lado dos nomes aparecem as quadrilhas a que eles pertencem: PCC, Comando Vermelho, PGC e TC.

Francischini pediu proteção o presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), e ao ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo.

Das conversas, a PF deduziu que o deputado seria eliminado em represália a sua atuação no Congresso. Ele apresentou um projeto que obriga participantes de organizações criminosas a cumprir pena em cela individual, sem visita íntima nem privacidade em contatos com a família e advogados, e banho de sol isolado. Delegado federal, Francischini retirou sua família do Paraná.

Veja também  [Ao vivo] Bolsonaro participa de abertura do ano legislativo no Congresso

Comments are closed.