Presidente do PT, Arilson Chiorato, coordena caravana de Requião no Paraná

Requião lança movimento ‘Me Chama Que Eu Vou’ para arrastar apoiadores ao futuro partido [vídeos]

O ex-senador e ex-governador Roberto Requião publicou uma série de vídeos, em suas redes sociais, com o intuito de arrastar seguidores e apoiadores para seu futuro partido político. Embora indique preferência pelo PT, PSB, PDT e PCO, até agora o ex-emedebista não bateu martelo sobre qual sigla irá agasalhar-se para concorrer ao Palácio do Iguaçu.

Pré-candidato ao governo do Paraná, em 2022, Requião encontrou-se esta semana com o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Segundo o petista, a polarização política no Paraná, no ano que vem, pode facilitar a vitória do ex-emedebista contra o governador Ratinho Junior (PSD). Lula convidou Requião para se filiar no PT.

Roberto Requião deixou o MDB no dia 2 de agosto, após 40 anos de filiação. Em seus vídeos, ele faz um movimento para levar com ele seguidores e apoiadores para a próxima morada [legenda].

“Estou mudando de casa”, disse Requião em um dos vídeos. “Você vem comigo?”, pergunta. Na sequência, vários apoiadores do ex-governador falam o bordão “me chame que eu vou” –tema do jingle que virou um dos cases de campanha de Requião em 2002.

Assista aos vídeos:

Parte VIII

Parte VII

Parte VI

Parte V

Leia também
Lula convida o ex-governador Requião para se filiar no PT

Ratinho Junior mente sobre negociata do pedágio com governo Bolsonaro [vídeo]

Bolsonaro tem medo de ser preso, diz Lula

Lula convida o ex-governador Requião para se filiar no PT. Foto: Claudio Kbene
Lula com Requião e Gleisi, à esquerda; Arilson Chiorato e Requião Filho, à direita; foto: Claudio Kbene

Não é só Requião que articula a operação desembarque. O deputado Requião Filho, ainda no MDB, lançou uma enquete nas redes para saber a opinião de seus apoiadores. O filho de Requião também esteve na quinta-feira (05/08) na audiência com Lula, em São Paulo.