Requião diz ‘não acreditar’ que Renan tenha barganhado o ‘abuso de autoridade’ com o Supremo

requiao_renan_jucaO senador Roberto Requião (PMDB-PR) disse no plenário, nesta quinta (8), que “não é possível acreditar que a votação do projeto seja adiada, como parte de um acordo que permitiu a volta do senador Renan Calheiros à presidência da Casa”.

O parlamentar utilizou a tribuna para comunicar que o seu relatório ao projeto de lei que pune o abuso de autoridade está pronto para a votação, com a incorporação de dezenas de sugestões de juízes, procuradores, juristas e advogados.

Na defesa do projeto, Requião afirmou ainda que o foco da nova lei é o abuso da autoridade e não a autoridade.

“É um projeto contra as “carteiradas” de todas as autoridades, qual sejam elas, do guarda na esquina ao magistrado. Queremos proteger os mais fracos das exorbitâncias dos mais fortes”, disse.

Sobre a oposição ao projeto, Requião disse não entender porque alguns juízes e procuradores têm medo do Judiciário: “Serão colegiados de juízes que julgarão os abusos de autoridade. Por que eles têm medo do Judiciário”, perguntou o senador.

Assista ao vídeo:

Comments are closed.