Ratinho Jr. oficializa casamento com Bolsonaro no Paraná

O governador Ratinho Jr. (PSD) e o presidente Jair Bolsonaro (PL), ambos cessantes, oficializaram neste sábado (30/07) casamento para a disputa pela reeleição em outubro.

A convenção estadual do PSD, partido de Ratinho Junior, aprovou apoio formal à candidatura do deputado bolsonarista Paulo Martins (PL) para o Senado.

Martins é uma espécie de “garente” da coligação havia entre Bolsonaro e Ratinho.

– Agradeço ao governador Ratinho Júnior por, assim como o presidente Bolsonaro, declarar apoio à minha pré-candidatura ao Senado pelo Paraná. Se Deus quiser, essa será a união vencedora. Pela vida, pela Família, pela propriedade e pela Liberdade – disse o parlamentar bolsonarista, cujo agradecimento foi retuitado pelo próprio Bolsonaro.

– Nós temos uma aliança muito ampla, uma aliança que tem partidos inclusive com candidatos à presidência, tem candidatos a senadores, e que nós respeitamos todos eles. Estamos juntos neste processo pelo estado. Eu tenho um candidato pessoal que é o Paulo Martins, que vai ser homologado ainda. E a gente espera que consiga trabalhar de forma unida – disse durante coletiva de imprensa.

Ratinho Jr. tenta se equilibrar com cinco candidaturas ao Senado, todos trabalhado para ele.

Além de Paulo Martins, estão sob o guarda-chuva do governador Alvaro Dias (PODE), Sergio Moro (União), Orlando Pessuti (MDB) e Guto Silva (PP).

Alguém vai se molhar, alguém vai ficar na chuva.

Ratinho Júnior não deixou dúvidas sobre de que lado ele está na disputa pela Presidência da República:

– Vamos trabalhar para o presidente Jair Bolsonaro ganhar a eleição – disse ele.

O PSD também oficializou a candidatura de 31 deputados federais e 55 estaduais.

Blog do Esmael, notícias verdadeiras.

Ratinho Jr. terá cinco candidatos ao Senado.

LEIA TAMBÉM