Primeiro-ministro britânico Boris Johnson deixa o hospital após convalescer do Coronavírus

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, recebeu alta neste domingo (12) e deixou o hospital St, Thomas, onde ficou internado por causa do Coronavírus.

“A conselho de sua equipe médica, o primeiro-ministro não retornará imediatamente ao trabalho. Ele deseja agradecer a todos em St. Thomas ‘pela brilhante atenção que recebeu”, disse um porta-voz.

Johnson foi diagnosticado com o Coronavírus em 29 de março e foi hospitalizado em Londres em 5 de abril. No dia seguinte, foi a uma unidade de terapia intensiva.

Ele publicou um vídeo no Twitter enaltecendo o sistema público de saúde que nas suas palavras “salvou minha vida”.

Ele também agradeceu o esforça de toda a população que, mesmo com o sol brilhando, tem ficado em casa para conter a disseminação da doença. Confira:

LEIA TAMBÉM
Papa Francisco propõe cessar-fogo mundial e anulação da dívida dos países pobres para enfrentar pandemia

China volta a não registrar mortes por Covid-19

Bolsonaro ‘passa recibo’ sobre dobra do desemprego em seu governo; confira

Até agora, 10.612 pessoas hospitalizadas por coronavírus morreram no Reino Unido. Neste domingo, foram adicionadas 737 mortes à conta.

O número de mortos é menor do que nos últimos dois dias, já que no sábado e na sexta-feira mais de 900 pessoas perderam a vida em hospitais.

Além disso, a saúde pública britânica realizou nas últimas 24 horas 18.000 testes, o que totaliza um total de 352.974 testes de diagnóstico para detectar a doença.

Veja também  Manutenção da prisão de Daniel Silveira como recado para o presidente Jair Bolsonaro

Com informações do El País