PPS pede a cassação do tucano Alceuzinho Maron

Deputado federal Rubens Bueno (PPS). Foto: Nani Gois.
Deputado federal Rubens Bueno (PPS). Foto: Nani Gois.
O presidente estadual do PPS do Paraná, deputado federal Rubens Bueno, informou ao blog nesta terça-feira (8) que o partido requereu, no Tribunal Regional Eleitoral (TRE), a cassação do recém-empossado deputado estadual Alceu Maron Filho (PSDB), o Alceuzinho, do município de Paranaguá, no Litoral do estado.

Alceuzinho era primeiro suplente de deputado pelo PPS, mas em outubro de 2011 mudou-se para o PSDB do governador Beto Richa. O político parnanguara trocou de sigla para disputar a prefeitura, mas acabou em terceiro lugar.

Segundo Rubens Bueno, a vaga de deputado pertence ao PPS porque Alceuzinho cometeu infidelidade partidária (relembre a história clicando aqui). Ele disse que a legenda ingressou ontem (7) com um pedido de liminar para empossar o ex-deputado Felipe Lucas, de Irati, região Centro-Sul, a 156 km de Curitiba.

O relator do pedido de cassação do tucano Alceuzinho Maron é o juiz Josafá Leme.

O deputado Alceuzinho Maron foi empossado ontem pela manhã na Assembleia Legislativa do Paraná.

Resumo da ópera: A alegria do tucano Alceuzinho poderá durar muito pouco.

Veja também  Prefeito 'Mão Santa' inaugura placa para Bolsonaro: "Ungido por Deus"

Comments are closed.