Petrobras sobe preço da gasolina e do diesel a partir de hoje

Petrobras sobe preço da gasolina e do diesel a partir de hoje

Desalmado, o presidente Jair Bolsonaro (PL) autorizou nesta quarta-feira (12/01) o primeiro aumento nos preços dos combustíveis deste ano de 2022. A partir de hoje, o preço médio de venda da gasolina nas refinarias passou de R$ 3,09 para R$ 3,24 por litro enquanto o valor do diesel subiu de R$ 3,34 para R$ 3,61 por litro.

Evidentemente que os preços para os consumidores nas bombas dos postos de combustíveis continuam pornográficos. Em algumas praças, por exemplo, o litro da gasolina comum é vendido a R$ 7 enquanto o da gasolina premium [alta octanagem] é vendido por até R$ 10.

No ano de 2021, Bolsonaro deixou a Petrobras –que é uma empresa estatal– arrancar o couro dos consumidores de combustíveis, apesar de o Brasil ser um dos maiores produtores do mundo. O etanol ficou 62,23% mais caro, a gasolina subiu 47,49% e o óleo diesel teve alta de 46,04%. Um horror.

Após o golpe em Dilma Rousseff (PT), em 2016, a Petrobras adotou o preço de paridade de importação (PPI) nos derivados de petróleo. Isto significa que os combustíveis sofrem a variação do dólar e sofre impacto da cotação internacional do produto. Ou seja, o preço da gasolina, diesel, gás de cozinha, dentre outros, são dolarizados. As pessoas pagam em moeda americana, embora recebam no país salário em real.

Jair Bolsonaro tende autorizar mais aumentos como este de hoje até o primeiro semestre, quando, por pressão das urnas, deverá afrouxar nos aumentos. Após o processo eleitoral, no entanto, independente dele vencer ou não, os aumentos nos preços dos combustíveis voltam a assombrar os brasileiros.

Não de trata de bruxaria ou adivinhação, pelo contrário, apenas o modus operandi dos governos de cepa neoliberal –que privilegiam os especuladores aos brasileiros e ao Brasil. É isso.

O PT adianta que Lula, vencendo a eleição, vai revogar a política de preços paritários com o mercado internacional, a picaretagem da PPI.

“Governo dolarizou preço dos combustíveis para enriquecer acionistas da Petrobrás às custas do povo. Real desvalorizado em país estagnado piorou tudo. E presidente do Banco Central diz que inflação foi importada. Não é “independente”. É irresponsável e cara de pau”, disparou a deputada Gleisi Hoffmann (PR), presidenta nacional do PT.